Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Noites de Verão regressam com concertos nos jardins da cidade
Notícias / Vida urbana

Noites de Verão regressam com concertos nos jardins da cidade

noites de verão no museu do chiado
©Sara Rafael

Se a febre dos Santos Populares lhe ocupa a agenda de Junho, há festa que dá continuidade nos meses seguintes. As Noites de Verão estão de regresso e ocupam o Jardim dos Coruchéus em Julho e o Museu do Chiado em Agosto – tudo para lhe dar música às sextas-feiras.

Os finais de tarde pedem esplanadas, jardins e convívios, e se houver música à mistura melhor ainda. Este ano, a Filho Único, que promove o evento, celebra uma década de edições a animar os finais de tarde veranis na cidade. Os meses de Julho e Agosto são um oásis de concertos numa altura do ano em que a música ao vivo começa a desaparecer de Lisboa, secada pelas férias e pelos festivais.

O ciclo arranca com o palco montado no Jardim dos Coruchéus a 5 de Julho com Vado Más Ki Ás, um dos nomes mais aclamados da nova geração de rappers. No dia 12, tomam conta do jardim os Curl, um colectivo do sul de Londres com três cabeças nucleares: Mica Levi e os MCs Coby Sey e Brother May. O colectivo do Porto HHY & The Macumbas actua a 19 de Julho e a fechar o mês está a jovem rapper e poeta sul africana Sho Madjozi, a 26 de Julho.

Entra Agosto e a música muda-se para o jardim do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, e será Raw Forest, um dos alter egos de Margarida Magalhães, o primeiro nome da lista de actuações, a 2 de Agosto. No dia 9, Maria Reis, metade das Pega Monstro, sobe a palco e apresenta o seu novo disco Chove na Sala, Água nos Olhos, uma edição de autora. O australiano Oren Ambarchi, que celebra o décimo aniversário da sua editora Black Truffle, agarra-se à sua guitarra a solo no dia 16 de Agosto. Para fechar as Noites de Verão, o trompetista norte-americano Peter Evans actuará a solo a 23 de Agosto, num palco que servirá as suas estruturas de improviso, com origens no jazz.   

Os concerto começam todos às 19.30 e são de entrada livre, não há desculpas para não acabar a semana em grande.

+ O cinema grátis ao ar livre regressa em Junho à Quinta das Conchas

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments