A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Claire Fontaine
©DRClaire Fontaine

Numa antiga carpintaria, a filosofia vai ser matéria-prima de debates

As Carpintarias de São Lázaro serão a casa de uma série de debates mensais que terão por base as várias práticas artísticas, a filosofia e o pensamento crítico.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

Um novo ciclo de debates chega às Carpintarias de São Lázaro a partir de sábado, 19 de Fevereiro. O nome X-Centric Futures” é partilhado com o seminário de investigação do CultureLab do Instituto de Filosofia da Nova, que se juntou ao centro cultural da Rua de São Lázaro (Intendente) para dar a oportunidade à chamada sociedade civil de se juntar ao debate, num ciclo promovido pelos investigadores e filósofos da Nova Giovanni Tusa e Bartholomew Ryan.

De acordo com a organização, “neste esforço colaborativo pretende-se mudar a percepção geral instalada de que o futuro é uma era ameaçadora recheada de inescapáveis perturbações sociais e catástrofes ecológicas. Procura-se desenvolver práticas críticas rigorosas e criar uma plataforma aberta para um diálogo entre diferentes perspectivas na redefinição do pensamento crítico numa era planetária”.

O primeiro debate, que terá início às 17.00 de 19 de Fevereiro, contará com a participação de Claire Fontaine, uma “artista conceptual feminista” criada pela dupla italio-britânica James Thornhill e Fulvia Carnevale, cujo nome é inspirado no icónico urinol Fontaine, criado por Marcel Duchamp, e também numa marca de cadernos francesa (Clairefontaine). Claire Fontaine utiliza o vídeo, a escultura, a pintura e a escrita e durante a sessão será apresentado o seu Método do Materialismo Mágico “que questiona o valor da produtividade e contempla os desfavorecidos pelo patriarcado”.

A data da segunda sessão também já está fechada, para 12 de Março, dia em que haverá um híbrido de performance musical e seminário, pelo filósofo Michael Marder e o músico Peter Schuback.

Mas este X-Centric Futures faz parte de algo maior. É a iniciativa que inaugura a categoria de programação “Gostaríamos de acrescentar” das Carpintarias de São Lázaro, que nasce para promover “conferências, debates ou seminários em temas como inovação e sustentabilidade, éticas do século XXI, contextos históricos e a sua reconciliação, sociedade digital, novos modelos económicos, e todas as questões que se relacionem com outros modos de vida e sociedade alternativos”.

A entrada no X-Centric Futures é gratuita, mas a lotação é limitada, pelo que a reserva de lugar é obrigatória através do email reservas reservas@csl-lisboa.pt.

Rua de São Lázaro, 72 (Arroios). X-Centric Futures: Sáb 17.00. Entrada livre.

+ Lisbonweek chega a Marvila em Maio e já lançou open call a artistas

+ Leia já, grátis, a edição digital da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade