Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right O bairro mais cool do mundo está em Lisboa: Arroios é o vencedor
Notícias / Vida urbana

O bairro mais cool do mundo está em Lisboa: Arroios é o vencedor

polidesportivo do campo mártires da pátria
DR

Arroios não é apenas um centro multicultural onde a arte urbana se encontra com comida dos quatro cantos do mundo, cultura underground e tesouros históricos. É também o bairro mais cool do mundo. A escolha é dos editores da Time Out espalhados pelo globo.

Viajantes experientes querem viver a cidade como os locais, o que significa olhar para além das vistas e encontrar os melhores bairros onde passear, comer, beber e dormir. Mas o que é que dá a uma zona da cidade este factor cool de que falamos? Os editores da Time Out lançaram o desafio e a redacção de Lisboa encontrou consenso em Arroios, o bairro mais heterogéneo da capital, onde a diversidade está por toda a parte, das pessoas aos lugares. Depois, o bairro alfacinha foi posto lado a lado com os bairros mais cool de outras cidades, também escolhidos pelos especialistas locais da revista Time Out. E saiu vencedor: Arroios arrecadou o primeiro lugar da tabela dos 50 bairros mais cool do mundo.

A lista foi criada por editores e jornalistas da Time Out e mais de 27 mil pessoas de todo o mundo, a quem perguntámos sobre os melhores (e mais subestimados) bairros nas suas cidades. Foram identificadas as áreas onde novos negócios brotam como cogumelos e os visitantes podem experimentar o melhor, desde a gastronomia à cultura. 

Além de Arroios – que, mais do que um bairro, é um mundo em si mesmo –, recomenda-se Shimokitazawa, em Tóquio, frequentado sobretudo pelas mentes mais criativas. Segue-se Onikan, em Lagos, na Nigéria, onde o ambiente é autêntico e a arquitectura ecléctica, e Wedding, um dos bairros mais subestimados de Berlim, que continua a defender o charme discreto pelo qual a cidade já foi conhecida. 

O pódio fecha com Historic Filipinotown, que reflecte Los Angeles no seu melhor e onde inauguram alguns dos melhores sítios para comer. Mas muitos mais bairros figuram na contagem, como Strasbourg-Saint-Denis, em Paris, Astoria, em Nova Iorque, ou Footscray, em Melbourne. Veja a lista completa aqui.

+ 30 paragens a não perder em Arroios

Publicidade
Publicidade

Comentários

1 comments
Diogo N

Pena que “este comboio não para em Arroios” :)