26 paragens a não perder em Arroios

Na freguesia mais multicultural da cidade há históricos do bairro e novidades frescas. Venha daí
anjos 70
Fotografia: Arlindo Camacho Anjos70
Por Maria Ramos Silva |
Publicidade

Restaurantes, lojas, livrarias e bares. Fique apenas com um aperitivo para uma lista que não pára de crescer por estas bandas. 

 

Recomendando: Lisboa do mundo: bem vindo ao parque de todas as nações

 

 

Paragens em Arroios

Mabiche
Fotografia: Manuel Manso
Notícias, Comida

Mabiche

É uma das novidades da zona. A Mabiche trouxe as pizzas de Marselha para Arroios, e lá porque popularmente pedimos a Lisboa para não ser francesa, não se coiba de passar por este novo spot. Porque adoramos pão com coisas por cima. 

 

Tigre de Papel
©DR
Coisas para fazer, Eventos literários

Tigre de Papel

icon-location-pin Lisboa

Há livros ao desbarato logo à entrada, edições do mais rebuscado que já se viu, volumes em segunda mão e pequenas editoras à espera de serem descobertas. Mas há de facto mais qualquer coisa além dos livros nas prateleiras. A agenda inclui debates, oficinas e lançamentos.

Publicidade
anjos70, anjos
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Anjos70

icon-location-pin Lisboa

A Associação Anjos70 ocupou o número 70 do Regueirão dos Anjos e criou um dos pólos culturais mais movimentados da cidade. Catarina Querido e Maria Lopes são as grandes responsáveis pelo espaço e pela sua dinamização, que recebe no primeiro fim-de-semana de cada mês um Art&Flea Market (a antiga Feira das Almas) e no último sábado há Rádio70, um evento em que convidam personalidades "conhecidas" a serem DJs. Além de tudo isto, é estar atento à programação que todas as semanas há novidades de agenda.

mezze, restaurante sírio, arroios
©Francisco Santos
Restaurantes, Sírio

Mezze

icon-location-pin Lisboa

No Mezze, quem recebe e cozinha são refugiados do Médio Oriente. É um dos pontos mais mediáticos do renovado Mercado de Arroios, que só por si merece visita. O projecto tem a mão da Pão a Pão – Associação para a Integração de Refugiados do Médio Oriente, responsável por uma série de eventos 
e workshops, não apenas ligados à gastronomia. A carta é longa, dividida em seis menus, três deles vegetarianos, três para carnívoros. Há pratos que se repetem e muitos podem ser pedidos à la carte. Mas graças a uma boa recomendação, partimos para dois menus (14€ e 15€), cada um deles composto por pequenos pratos, com a dose certa para uma pessoa e também uma boa ideia para partilhar.

Publicidade
slash
©DR
Saúde e beleza

Slash

icon-location-pin Lisboa

Chamar cabeleireiro ao Creative Hair Studio do Saldanha é meio limitativo. É que as paredes acomodam a intervenção artística de Tamara Alves, há iPads para os clientes, e escovas modernaças, entre todos detalhes que gritam futuro. O projecto tem a assinatura de Olga Ferreira-Hilário. 

Leituria
©DR
Coisas para fazer, Eventos literários

Leituria

icon-location-pin Lisboa

Esta porta é um verdadeiro corrupio. No meio de exposições, workshops e recitais, a Leituria ainda tem espaço para livros, mimos de papelaria e peças de design de autor. O programa dá uma atenção especial aos mais pequenos, mas a pensar nos crescidos, a livraria tem também a sua própria carta de vinhos. Não se faça rogado e alinhe num copo enquanto vasculha as estantes.

Publicidade
Bookshop Bivar
©DR
Coisas para fazer

Bookshop Bivar

icon-location-pin Lisboa

Bem-vindos a uma loja de livros em inglês que também serve como mini-centro cultural para os falantes da língua de Shakespeare. O “book club” desta pequena livraria organiza todos os meses workshops de escrita com uma “professional writing coach”.

Restaurantes, Chinês

Mr. Lu

icon-location-pin Lisboa

Este restaurante chinês tem à frente um chef premiado. O nosso crítico Alfredo Lacerda é seu fã incondicional, e só não lhe deu o Visto Gold quando escreveu sobre ele porque o serviço é demorado. Vá, portanto, sem pressas, mas não deixe de aparecer.

Publicidade
Biblioteca São Lázaro
Fotografia: Ana Luzia
Coisas para fazer

Biblioteca Municipal de São Lázaro

icon-location-pin Lisboa

É na freguesia de Arroios que se esconde um dos pequenos grandes tesouros da cidade. Criada em 1883, a Biblioteca de São Lázaro está instalada num edifício de arquitectura neoclássica erudita dos finais do séc. XIX, e quem mergulha neste espaço desemboca no famoso Salão Nobre da mais antiga biblioteca da capital, que apresenta ainda outro detalhe relevante: esta é também a casa da colecção "Memórias de Outra Infância", composta por oito mil volumes publicados em Portugal para a infância e juventude. Atente no mezanino e no mobiliário da época.

Notícias, Vida urbana

Lemon Fit

A eterna desculpa de que não vai ao ginásio porque não tem tempo começa a deixar de fazer sentido. Porquê? Porque Lisboa tem mais um ginásio aberto 24 horas por dia, sete dias por semana — é o Lemon Fit. 

Mostrar mais

Outras paragens em Lisboa

vista apartir dos descobrimentos
Fotografia: Ana Luzia
Coisas para fazer

Paragens obrigatórias em Belém

Um passeio por Belém implica uma passagem pelos melhores museus e restaurantes. Deverá ainda tirar uma selfie com um batalhão de turistas como pano de fundo e paragem em alguns pontos de referência, como se andasse a descobrir a cidade pela primeira vez. 

Quiosque do Oliveira
Fotografia: Ana Luzia
Coisas para fazer

Paragens obrigatórias no Príncipe Real

É o bairro onde os níveis de FOMO (a sigla inglesa que significa fear of missing out, uma espécie de estar a perder qualquer coisa incrível) atingem valores elevadíssimos. Se correr o bairro de uma ponta à outra, sem contar com restaurantes do mundo e lojas, vai encontrar locais onde tem mesmo de parar e viver a vida no bairro da realeza. 

Publicidade
jardim de santos
©Junta de Freguesia da Estrela
Coisas para fazer

21 paragens obrigatórias em Santos e na Madragoa

Com a Primavera, abriram-se por fim os portões de ferro do Jardim de Santos, pretexto para explorar uma zona onde não param de florescer novidades. E ali ao lado, não se esqueça de verificar um dos triângulos mais apetecíveis da cidade, louvado até pelo guia Lonely Planet. 

alfama
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

O melhor de Alfama: 10 paragens obrigatórias

Trinque um hambúrguer biológico, entre num salão do século XV e deixe-se submergir na poesia surrealista. O melhor de Alfama ainda é um mistério para muitos alfacinhas e este é o roteiro por onde começar.    Recomendado: Um roteiro do fado em Lisboa

Publicidade