A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

O Construction mudou de espaço, mas o espírito continua

Por Clara Silva
Publicidade

As festas do Construction acontecem agora no antigo Loft, em Santos. A discoteca no Príncipe Real está fechada para obras, mas o mais certo é nem sentir saudades.

Construction on the road. É assim que o Construction baptiza a sua nova morada, no espaço da antiga discoteca Loft, em Santos, onde pelo menos aos sábados deverá continuar a organizar festas até que o Construction do Príncipe Real reabra. Qual será a data exacta da reabertura? Não se sabe, mas por enquanto ninguém parece preocupado com isso e a temporada de Verão de festas gays deverá mesmo acontecer em Santos.

“Por motivos de renovação geral do espaço, decorrentes da necessidade da obtenção de uma nova licença por parte do proprietário, o Construction viu-se forçado a encerrar temporariamente as suas portas no início de Fevereiro de 2019 e estará encerrado por período ainda não definido”, explica Pedro Pratas, actual responsável pelo Construction. “Sendo um espaço de referência em Lisboa na música electrónica para o público LGBTI, a festa não podia parar.”

A solução para não encerrarem numa altura cada vez mais quente de festas foi alugar este espaço provisório no número 6 da Rua da Indústria, onde em tempos funcionou o Loft, e onde cabe ainda mais gente que no Construction do Príncipe Real. “Um espaço de maiores dimensões, equipado de raiz com som, luz e animação que Lisboa nunca viu”, descreve Pedro.

Por enquanto, a equipa do Construction não tem a exclusividade do espaço (na semana passada a produtora de eventos techno Vértice organizou ali a sua matiné de aniversário), mas a partir de Abril estarão por lá “todos os sábados”, garante o responsável.

A julgar pela festa de estreia, “que não podia ter sido melhor”, diz Pedro, vão continuar bastante concorridos. O primeiro Construction On The Road aconteceu numa segunda-feira, com um Bloco de Carnaval que contou com os DJs Zecka Pinheiro, Nuno Scuba e Ana Flor e teve “casa cheia”. Depois disso, já houve uma festa de “ressaca de Carnaval” no sábado passado e há mais dois sábados na agenda, a 23 e a 30 de Março, este último a coincidir com o aniversário da discoteca.

O Construction mudou de espaço, mas o espírito continua. Aliás, “o Construction não é só uma casa, é um conceito, uma forma de estar e de saber criar festa e alegria para quem nos visita”, continua Pedro Pratas. “Continuaremos a trazer a Portugal os melhores DJs e festas do circuito gay internacional.” Como as da We Party ou do Grupo Matinée. É esperar pelas novidades frescas que vão sendo publicadas na página de Facebook. “Em qualquer lugar, onde estivermos estará a festa.”

23, 30 de Março e todos os sábados a partir de Abril. Rua do Instituto Industrial, 6 (Santos).

+ Sair do armário – o melhor da agenda LGBT em Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade