A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

O futuro Ginásio Clube Português vai ter uma pista nas alturas

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

É uma verdadeira cidade do desporto e está a preparar mais uma expansão. Visitámos o Ginásio Clube Português (GCP) para estudar os números do futuro edifício que vai ser brindado com uma inusitada pista de atletismo no topo.

Se os colchões do ginásio fossem disponibilizados para dormir, quase que poderíamos fazer do Ginásio Clube Português a nossa casa. Aqui há de tudo. Além da formação física, há um restaurante (que serve cozido à portuguesa às quartas-feiras, mas é só descer as escadas para queimar as calorias), há um cabeleireiro, um spa, uma biblioteca, uma escola de línguas e um centro de estética, para não falar da vista de rio que as salas têm a partir do sexto andar. E o cardápio de modalidades é interminável: basta imaginar o que quer treinar e o mais provável é que a encontre na brochura de actividades.

Em Fevereiro, o histórico clube fundado em 1875 ganhou seis novos campos de padel e um parque de estacionamento com 202 lugares aberto ao público. Mas em projecto está um
novo edifício que será erguido nas traseiras do actual, cujo elemento mais emblemático será uma pista de atletismo exterior no topo do edifício de oito pisos, os mesmos do actual, o
que poderá representar um aumento no trânsito aéreo das Amoreiras, à boleia de curiosos drones. A expansão vai também traduzir-se num pavilhão para a prática de voleibol feminino, uma equipa que actualmente treina no Liceu Pedro Nunes; num ginásio dedicado à ginástica artística com 1700 m2, quase o triplo do actual; nove ginásios para aulas de grupo, o que vai representar um aumento de mais de 350 aulas por semana; e um auditório com capacidade para 200 pessoas. Ainda não há datas, mas promete.


Cinco coisas que não sabe sobre o Ginásio Clube Português

1. O GCP tem um jornal desportivo para consumo interno chamado O Sport. A primeira edição saiu em 1894.

2. O GCP cria o primeiro clube de football (na altura era assim) nacional, legalizado em 1889; transporta o jogo do pau para ginásio em 1895; e em 1938 lança em Portugal o tiro com arco.

3. Em 1949 torna-se o primeiro clube português a disputar um concurso internacional de ginástica olímpica.

4. Nas instalações existe a Sala dos Troféus, onde se guardam memórias e glórias do clube. Entre elas duas distinções muito especiais: a Taça Fearnley (1951) e a Taça Olímpica (1986), troféus oferecidos pelo Comité Olímpico Internacional e que se destinam a reconhecer clubes amadores de mérito mundial – o que torna o GCP o único país do mundo que detém esta dupla distinção.

sala dos trofeus do ginasio clube portugues

5. Em 1932 foi inaugurada uma estátua do fundador Luís Monteiro na Avenida da Liberdade. Esta obra foi mais tarde colocada no Jardim da Estrela (Jardim Guerra Junqueiro) e a partir de 1941 passou a morar na sede do Ginásio Clube Português.


+ Obras no antigo Cinema Odeon arrancam em Junho

Últimas notícias

    Publicidade