A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Jeff Mills
©DRJeff Mills

O Lisb-On agora chama-se só Jardim Sonoro e volta a ser regado em 2022

O festival de música electrónica (e não só) vai regressar ao Parque Eduardo VII entre os dias 2 e 4 de Setembro do próximo ano, de acordo com a organização.

Escrito por
Luís Filipe Rodrigues
Publicidade

Depois de dois anos de paragem forçada pela pandemia, o Lisb-On vai voltar a dar música ao Parque Eduardo VII entre os dias 2 e 4 de Setembro do próximo ano. O anúncio foi feito pela organização, que revelou também o novo nome do festival de música electrónica (e não só): Jardim Sonoro, até agora uma espécie de alcunha.

Juntamente com o novo nome, foi anunciado o cartaz para o próximo ano, onde se destacam DJs como Jeff Mills, figura história do techno de Detroit, ou o também norte-americano (apesar de ter nascido na boa e velha União Soviética) DVS1, outro homem do techno.

Além destes dois nomes, foram anunciados mais de 50 artistas, que se vão apresentar em concertos, live acts e DJ sets. O concerto do britânico Kamaal Williams é outro dos momentos que se destacam, num alinhamento que inclui showcases de editoras como a romena [a:rpia:r] ou a portuguesa Bloop, além de actuações de figuras tão díspares como Filipe Karlsson, Margaret Dygas, Sam The Kid ou Sonja Moonear.

Os passes para os três dias já se encontram à venda no site oficial. Custam 65€.

+ António Zambujo actua no Capitólio com convidadas surpresa

+ Dino d’Santiago lança novo álbum e leva-o ao Coliseu

Últimas notícias

    Publicidade