Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right O Metro de Lisboa convida-o a tirar a banda da garagem em Outubro
Notícias / Vida urbana

O Metro de Lisboa convida-o a tirar a banda da garagem em Outubro

uma mão cheia de bandas
©Ingolf

“Uma mão cheia de bandas” é o que o Metropolitano de Lisboa pretende oferecer a Lisboa em Outubro. Antes faz o convite: tire a banda da garagem e inscreva-se na iniciativa que pretende descobrir novos talentos da música portuguesa. Os vencedores vão poder actuar ao vivo no Cais do Sodré.

O concurso “Uma mão cheia de bandas”, promovido pelo Metropolitano de Lisboa, pretende celebrar o Dia Mundial da Música, a 1 de Outubro, com o primeiro de cinco concertos na estação do Cais do Sodré. As bandas a subir a palco ainda não são conhecidas, mas apenas porque é provável que ainda não tenham saído do quarto ou esquecido os recitais de chuveiro. Para resolver o problema, as inscrições para actuar ao vivo estão abertas até às 23.59 de 22 de Setembro. Se é um novo talento da música portuguesa à espera de ser descoberto, aproveite a oportunidade.

“Apenas podem participar no presente concurso bandas amadoras, sem qualquer tipo de contrato discográfico ou agenciamento, cujos membros sejam maiores de 18 anos”, lê-se no regulamento, que refere ainda a obrigatoriedade de apresentar dois temas originais, mas sem restrição de estilo musical. “Está vedada a participação de concorrentes que já detenham contratos discográficos ou álbuns publicados ou distribuídos por editoras discográficas, ou outras, exceptuando álbuns publicados pelos próprios em edição de autor.”

A inscrição é feita através do preenchimento de um formulário electrónico, onde é possível carregar, em formato mp3, dois temas originais, acompanhados da indicação do nome, idade, número de documento de identificação, n.º de telemóvel e endereço de correio eletrónico do representante da banda. “Deverá igualmente ser indicado o nome artístico da banda concorrente e apresentada uma breve biografia da mesma”, lê-se ainda.

O júri ainda não foi anunciado, mas a escolha dos vencedores, a ser anunciada até 27 de Setembro, terá por base critérios de originalidade, qualidade artística e adequação ao espaço de difusão. Se for um dos talentos seleccionados, irá poder actuar, durante um máximo de uma hora, na estação do Cais do Sodré, em local exacto a designar, entre os dias 1 e 5 de Outubro, à cadência de uma banda por dia. Caso no dia tenha uma crise de nervosismo, não se preocupe: vão ser nomeadas ainda duas bandas suplentes, “para a eventualidade de necessidade de substituição de algum vencedor, por motivo de desistência”.

+ Os clássicos da Carris vão desfilar pela cidade

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments