A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Noir Clubbing
©Virgilio SantosNoir Clubbing

O Noir Clubbing precisa de ajuda para superar a crise

Os espaços de diversão nocturna continuam a ser dos negócios mais afectados pela pandemia. Ainda sem previsão para a reabertura, o lisboeta Noir Clubbing lançou um apelo.

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

No final do ano passado, o Club Noir foi expulso do espaço que ocupava na Rua da Madalena há quase uma década. No início de Março reabriu em Alvalade como Noir Clubbing, mas as portas fecharam pouco tempo depois por culpa da pandemia. Agora, pede ajuda para superar a crise.

Janeiro e Fevereiro foram meses de mudança e de montagem da mais recente casa roqueira do Bairro de Alvalade. Mas quando tudo parecia estar encaminhado, e após uma festa de arromba que decorreu no primeiro fim-de-semana de Março, aconteceu o pior. Com a declaração do Estado de Emergência, este espaço quase por estrear teve de encerrar portas. Ao longo destes três meses o Noir Clubbing tem organizado festas virtuais nas redes sociais, em live streaming, onde os clientes puderam matar saudades de alguns dos DJs que habitualmente animam a casa.

“Aos poucos a economia está a ser restabelecida em quase todos os sectores de actividade, quase todos menos o nosso e outros tantos ligados à cultura e entretenimento”, lê-se numa publicação do Noir Clubbing, divulgada esta quinta-feira. A mesma onde a equipa do Noir pede ajuda para conseguir ultrapassar esta crise. “Ao fim de 3 meses fechados, a situação está a tornar-se insustentável, as dívidas acumulam-se e por esse motivo vimos agora pedir ajuda para conseguirmos cumprir com as nossas obrigações até finalmente termos o aval do governo para podermos trabalhar”, explicam.

Se quiser estender a mão ao Noir, pode fazê-lo através do IBAN PT50 0007 0000 0001 9641 5312 3 (de Teresa Freitas, a proprietária) ou por Paypal.

+ Leia grátis a nova edição da Time In Portugal

+ Meias ilustradas por artistas portugueses ajudam sectores mais afectados pela crise

Últimas notícias

    Publicidade