Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right O novo taproom do Bicanela veio dar mais uma oportunidade à Bica
Notícias / Bebida

O novo taproom do Bicanela veio dar mais uma oportunidade à Bica

Taproom Cerveja Chica no Bicanela
Manuel Manso

O novo taproom da cerveja Chica foi inaugurada a semana passada no Bicanela, um bar que já existe há sete anos e que agora se reinventa. Afinal, parece que a Bica não morreu.

Se há uns anos a inclinada Bica era um ponto de paragem obrigatório na noite alfacinha, esses tempos entraram em declínio, digamos assim. “Tornou-se tudo muito turístico”, concorda Hugo Santos, dono do Bicanela, um bar que abriu há quase sete anos na Travessa da Laranjeira e que sempre pensou nos clientes locais.

Há uma moeda colada no balcão do bar que serve de barómetro para perceber quem são os novos clientes: os que tentam levá-la para casa. Fica já a saber que é impossível – e de qualquer forma, o dinheiro que tem no bolso deve chegar para um bom gin. A casa tornouse conhecida pela variedade de gins e pelos preços que praticam. Afinal onde é que consegue beber um copo de Hendricks bem servido por 5 euros? Aponte estas dicas que não duramos para sempre.

 

Taproom Cerveja Chica no Bicanela
Manuel Manso

 

Agora, e depois do reinado dos gins, o bar reinventou-se e tornou-se também um sítio para beber cerveja artesanal a preços bastante acessíveis, a rondar os 2 e os 3 euros. “Como somos nós que produzimos, conseguimos praticar estes preços”, explica Hugo. Com a mulher, Joana Santos, e com Francisco Esteves, baixista dos Mata-Ratos, gere a Beertec, uma fábrica em Queluz com dois anos que, além de vender ingredientes e kits cervejeiros, produz cerveja para várias marcas.

São eles os criadores da cerveja Chica, há dois anos no mercado (no Crafty Corner, no Cais do Sodré, por exemplo) e que agora ganhou uma nova taproom na Bica. “Fazia sentido”, continua Hugo.

No bar vão estar oito torneiras a funcionar – por enquanto há só seis. Este será também um laboratório de teste. “O objectivo não é termos as nossas cervejas normais”, continua Hugo. “É ter tudo o que seja brincadeiras e experiências para ver a reacção das pessoas.”

Pale ales, ipas, porters: aqui vai encontrar um pouco de todas as produções da Chica e ainda uma torneira rotativa, com uma cerveja convidada.

O bar vai passar a abrir mais cedo, às 18.00, com comfort food e espera atrair mais clientes. Numa altura em que a Bica é assombrada por notícias de expulsão de moradores e de venda de droga, nada como dar-lhe uma nova vida. Será que o bairro vai ressuscitar? É esperar pelos próximos episódios. De preferência, de copo de cerveja na mão.

Bicanela, Travessa da Laranjeira, 17 (Bica). Seg-Qui, 18.00-00.00, Sex-Sáb 18.00-02.00

+ Os novos bares em Lisboa

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments