A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Pátio das Antigas, Lisboa Antiga, Avenida da Igreja, década de 50
©DRAvenida da Igreja, década de 50

O Pátio das Antigas: Uma avenida a estrear

Coisas e loisas da Lisboa de outras eras

Por Eurico de Barros
Publicidade

A Avenida da Igreja foi construída entre 1951 e 1955, ano em que foi inaugurada a Igreja de São João de Brito. Era lá que se realizava a popular Corrida dos Ofícios.

Prédios acabados de construir, alguns já com moradores e outros ainda em final de construção; árvores plantadas há pouco tempo, pouca gente nos passeios e poucos carros a circular. Ao fundo, uma praça com um grande espaço vazio, que em breve viria a ser ocupado por uma igreja. Esta foto de uma Avenida da Igreja novinha em folha data dos primeiros anos da década de 50, e pode ser que ainda lá more quem se lembre dela assim.

A Avenida da Igreja, pertencente ao Bairro de Alvalade, foi construída entre 1951 e 1955, e é assim conhecida desde a publicação do respectivo Edital municipal, em 1948. A Igreja de São João de Brito, que “falta” nesta foto, um projecto do arquitecto Vasco Morais Palmeira, estava já prevista e planeada desde 1951, tendo a sua construção começado em 1952. Foi inaugurada em 1955, tendo os fundos para a realização da obra provindo da venda de um outro templo, a Igreja da Conceição nova (demolida em 1951). Parte do espólio da Igreja de São João de Brito proveio também desta.

Foi na Avenida da Igreja que se realizou, durante alguns anos, na década de 50, a Corrida dos Ofícios, parte da programação das Festas da Cidade, em que engraxadores, boletineiros, floristas, varinas, cantoneiros ou empregados de mesa competiam para mostrar as suas habilidades nas respectivas profissões, todas tradicionalmente lisboetas.

Lisboa de outras eras:

+ O Pátio das Antigas: vai graxa?

+ O Pátio das Antigas: Self-service de modernidade

O Pátio das Antigas: da batota à diplomacia

Últimas notícias

    Publicidade