A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Projecto para a antiga estação radionaval de Algés
DRProjecto para a antiga estação radionaval de Algés

Oeiras vai ter novo parque urbano de 12 hectares e 770 casas

Projecto de habitação para arrendamento acessível ocupará terrenos da antiga estação radionaval de Algés.

Escrito por
Rute Barbedo
Publicidade

A conversão da Estação Radionaval Comandante Nunes Ribeiro num empreendimento que inclui perto de 770 casas para arrendamento acessível, um parque urbano de 12 hectares e a possibilidade de criação de equipamentos de utilização pública foi tornada oficial nesta quarta-feira, 20 de Dezembro, na sequência da assinatura do protocolo entre o Município de Oeiras e o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU). As casas (de T1 a T4) serão arrendadas por valores entre os 200 e os 800 euros, prevendo-se a conclusão da obra até ao final de 2026, conforme anunciou ao jornal Público o presidente da autarquia, Isaltino Morais.

Os terrenos na fronteira entre Linda-a-Velha e Algés estavam abandonados há 25 anos e foram entretanto comprados pelo IHRU ao Ministério da Defesa, informou o autarca. Do protocolo de cooperação assinado nesta quarta-feira resultam os seguintes papéis: o IHRU fica responsável pela construção dos edifícios de habitação, enquanto a autarquia tem a seu cargo todas as infra-estruturas envolventes, como os arruamentos, a rede eléctrica e o sistema de esgotos. Sobre a eventual criação de equipamentos de utilização pública, Isaltino Morais avançou algumas possibilidades, como um auditório, uma biblioteca ou um centro cultural.

Para concretizar o projecto, estima-se um investimento total de 170 milhões de euros, impulsionado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e no âmbito do investimento do Governo no parque público de habitação, que actualmente representa perto de 1% do total, uma percentagem que sobe para 6% no caso de Oeiras. Neste concelho, estão actualmente em construção empreendimentos no Parque da Junça e na Quinta dos Aciprestes, em Linda-a-Velha, e no Alto da Montanha, em CarnaxideAté 2026, o último ano do PRR, o Governo prevê a construção de 32 mil fogos em todo o país.

+ Cidadãos mostram-se contra projecto da Câmara para o Vale de Santo António

+ As melhores coisas grátis para fazer em Lisboa esta semana

Últimas notícias

    Publicidade