A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Yakuza
DR

Olivier abriu um novo Yakuza na Avenida da Liberdade

Marca japonesa de Olivier da Costa mudou-se para o clássico Olivier Avenida. Tudo mudou, do chão ao tecto, ganhando agora uma decoração oriental e um pequeno jardim interior.

Por
Ines Garcia
Publicidade

Já lá vão uns anos desde que Olivier da Costa decidiu meter-se nos caminhos do sushi. A marca Yakuza, aliás, já existiu no Tivoli Forum, em plena Avenida da Liberdade, e co-habitou o Olivier Avenida até ganhar um primeiro andar, com jardim e um balcão impressionante, na Príncipe Real. Em ano de pandemia abriu no Porto, Paris está no horizonte, mas enquanto não abre na cidade-luz, ganha uma nova morada em Lisboa, precisamente no Olivier Avenida, que deixa de existir para dar lugar a um novo Yakuza.

Yakuza
DR

A vontade de dar nova vida ao Yakuza já existia e a pandemia só a acelerou, afinal o restaurante estava num espaço arrendado (onde antes funcionou a Rota das Sedas) e o senhorio pediu o espaço de volta. Se conhecia o espaço Olivier Avenida, abra bem os olhos: está irreconhecível, fruto do maior investimento do empresário, ou restaurateur, como gosta de ser conhecido. 

A entrada faz-se agora pela lateral, onde antes era parte do parque de estacionamento e parte da esplanada coberta, e o lobby destaca as figuras conhecidas que são habitués da casa. Mantêm-se, porém, peças decorativas do espaço da Escola Politécnica, como o samurai à entrada, qual porteiro da festa, ou a tela sob o balcão de sushi em madeira e as lâmpadas de papel a iluminar, tenuemente, o espaço.

Yakuza
DRRolo de lavagante

Ao menu, carregado de fusão e outras especialidades de peixe fresco, juntam-se algumas novidades, como o nigiri de toro e caviar (28€) ou o de carabineiro (32€), a pata de caranguejo grelhada com molho miso (45€), o lombo de merluza no miso (42€) ou mesmo o preguinho yakuza, uma espécie de nigiri mas aqui com base de pão brioche com cogumelos, lombo de novilho, caviar e trufa (22€).

Yakuza
DRPreguinho

Mantêm-se também os tacos sakana, de peixe e guacamole (14€), clássico de partilha do Yakuza, os nigiris de tudo e mais alguma coisa, sempre frescos (a partir de 6€), os aveludados makisushi califórnia (14€) ou spider rolls, com caranguejo de casca mole (21€). Há ainda propostas a sair da grelha japonesa robata, como é o caso das asinhas de frango com flor de lima e sal (10€), a beringela com miso e cebolete (10€) ou as costeletas de borrego com flor de sal e la-yu (31€). 

À sobremesa, pode pedir um mix de todas com jeitinho para fechar em bom, e tem direito a show com gelo seco. Tudo sempre pronto para fotografar e partilhar, afinal até a luz é adequada para isso, como se quer. Sempre com música a animar o espaço, que entre os seus vários níveis – bar, balcão de sushi, cabines e nave central – senta 80 pessoas, devidamente espaçadas, como mandam os tempos.  

Rua Júlio César Machado, 7 (Avenida). 93 400 0913. Seg-Sex 12.30-22.30.

+ Entrega de sushi ao domicílio 

+ Leia aqui, grátis, a Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade