Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Open House regressa em Setembro e quer descentralizar
Notícias / Vida urbana

Open House regressa em Setembro e quer descentralizar

open house 2019
©Francisco Nogueira

As chaves da cidade voltam a estar nas suas mãos no fim-de-semana de 21 e 22 de Setembro. O Open House regressa nessas datas para abrir as portas de dezenas de espaços – entre casas privadas, espaços culturais, escolas, bairros ou jardins. Faça o favor de entrar.

A arquitecta e investigadora Patrícia Robalo é a comissária convidada deste ano e vai querer dar a conhecer uma Lisboa sem centro. “A exclusão do centro de Lisboa do âmbito geográfico do Open House 2019 pretende superar a exemplaridade da cidade tradicional como construção única da condição urbana”, diz a arquitecta em comunicado, explicando que a edição deste ano “pretende descentralizar, diversificar e ampliar a selecção de espaços do roteiro”.

Já confirmados estão locais como o Palácio das Necessidades, o teatro LU.CA, a Casa no Restelo, Garage Films ou a Torre de Habitação Célula C dos Olivais.

©GuillaumeVieira

A tarefa está longe de ser fácil, até porque só tem dois dias para picar o ponto no maior número de espaços que conseguir, mas desde o ano passado que tem uma ajuda extra: o próprio site do Open House que lhe permite planear o seu próprio roteiro.

O Open House tem o cunho da Trienal de Lisboa em parceria com a EGEAC, integrando mais uma vez o programa Lisboa na Rua. Por agora, está aberto o Open Call para os voluntários que participam no evento – basta ter mais de 16 anos e ter interesse nas áreas da arquitectura, património, design, museologia ou história. Pode inscrever-se aqui.

+ Os melhores terraços em Lisboa

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments