A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Carmen, Operafest 2023
© Operafest Lisboa 2023Carmen, Operafest 2023

Operafest: uma viagem entre o céu e o inferno no Jardim do MNAA

A quarta edição do Operafest Lisboa está de volta ao Jardim do Museu Nacional de Arte Antiga. Entre 18 de Agosto e 9 de Setembro, 'Carmen', 'A Flauta Mágica' e 'Suor Angelica' são as obras em destaque.

Beatriz Magalhães
Escrito por
Beatriz Magalhães
Publicidade

O Jardim do Museu Nacional de Arte Antiga é, de novo, o cenário escolhido para o Operafest Lisboa 2023. Este ano, a quarta edição do festival decorre de 18 de Agosto a 9 de Setembro e conta com Carmen e A Flauta Mágica, as duas óperas mais vistas de sempre, no programa.

Após a grande adesão do público às edições anteriores, o Operafest aposta em dois clássicos, Carmen de Bizet, nos dias 18, 19, 21, 23 e 25 de Agosto, às 21.00, e A Flauta Mágica de Mozart, nos dias 2, 3 e 5 de Setembro, à mesma hora. Suor Angelica de Puccini, juntamente com a estreia de Rigor Mortis ou A Casa dos Anéis de Francisco Lima da Silva, está em cena às 21.00 nos dias 27 e 28 de Agosto.

De forma a chegar a um público mais diversificado, a programação divide-se em ciclos com objectivos e propostas distintas. Quanto ao concurso de ópera contemporânea, a Maratona Ópera XXI – Grandes Cantores para a Ópera de Hoje, com um prémio até 2500€, vai dar a conhecer cantores portugueses emergentes dentro género musical, no dia 6 de Setembro, às 21.00, no Centro Cultural de Belém. 

Para os cinéfilos que andam por aí, o programa Cine-Ópera mostra, a 7 de Setembro, às 21.30, A Flauta Mágica de Ingmar Bergman. Dia 8, Os Canibais de Manoel de Oliveira, às 19.00, e Maria by Callas de Tom Volf, às 21.30. 

O ciclo Ópera Satélite, dias 26 e 27 de Agosto, entre as 11.00 e as 18.00, dá aulas de canto para amadores e os preços variam entre 15€ e 20€. No Teatro Romano, dia 1 de Setembro, há três sessões de Forças Ocultas, performance de Gustavo Sumpta, às 21.00, 22.00 e 23.00. 

Nos dias 4 e 6 de Setembro, às 18.00, pode participar no curso À descoberta da Ópera, de entrada livre. No dia seguinte, à mesma hora, Rui Vieira Nery dá a conferência O fenómeno Maria Callas, já que este ano se celebra o centenário do nascimento da intérprete. 

A Rave Operática Entre o céu e o inferno encerra o Operafest, numa fusão entre a ópera e a música pop e eletrónica.

Vários locais. 18 Ago-9 Set. Vários horários. 10€-50€

Texto editado por Mauro Gonçalves

+ Glockenwise e outros concertos a não perder em Lisboa esta semana

+ O vencedor de mais um Festival Termómetro decide-se no sábado

Últimas notícias

    Publicidade