Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os concertos que Dino d’Santiago não quer perder no Super Bock Super Rock
Notícias / Música

Os concertos que Dino d’Santiago não quer perder no Super Bock Super Rock

Dino D'Santiago
Duarte Drago

É um mundo novo aquele que Dino d’Santiago vive, e Madonna não tem nada a ver com isso. Desde que editou Mundo Nôbu no final do ano passado que o músico não tem parado – de dar concertos e de surpreender. E é por isso também que o concerto no Super Bock Super Rock promete ser especial (Qui 20.00). 

“O alinhamento vai ser quase todo novo”, diz-nos Dino, contando que o concerto no festival vai servir também de celebração a tudo o que lhe tem acontecido. “E vai ser um momento para marcar a internacionalização”, acrescenta, revelando ter assinado com uma agência londrina. 

“Além disso, a Alexandra Moura tem estado a preparar uma roupa nova para o Super Bock Super Rock.” A parceria entre Dino d’Santiago e a designer de moda não é de agora: desde que editou Mundo Nôbu que o músico tem aparecido com várias peças de Moura. “Vai ser lindo”, não hesita em dizer, sem esconder o entusiasmo por actuar no Meco. 

No dia em que sobe ao palco, o nome maior é Lana del Rey (Qui 00.15), concerto que Dino não quer perder. “Quero perceber como é que a música dela funciona no festival”, diz, sem esquecer os portugueses Conan Osiris (Qui 22.30) e Branko (Qui 21.45), com quem tem colaborado. “Sei que estão a apostar forte para o Super Bock”, diz. 

Já no segundo dia, as atenções de Dino viram-se para o canadiano Kaytranada (Sex 01.15), nome grande do hip-hop. “Não quero mesmo falhar. Estou a falar de ver lá à frente.” 

Mas é no último dia que o músico quer ver mais concertos. Começa logo com Pedro Simões, mais conhecido por Pedro Mafama (Sáb 17.15), que podemos ouvir no novo remix de “Sô Bô” disponível no novo EP Mundo Nôbu remix. A maratona de concertos segue com Janelle Monáe (Sáb 21.30), Migos (Sáb 23.30) e Disclosure (Sáb 01.15). “Começo leve e acabo forte”, brinca o músico, que depois do Super Bock actuará no Músicas do Mundo de Sines.

+ Super Bock Super Rock: nove concertos a não perder

Publicidade
Publicidade

Latest news