Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os velhos chafarizes de Lisboa vão ser reabilitados e há mais bebedouros a caminho
chafariz de benfica
©Time Out

Os velhos chafarizes de Lisboa vão ser reabilitados e há mais bebedouros a caminho

Publicidade

A EPAL vai fazer renascer alguns dos mais icónicos chafarizes da cidade e instalar 200 novos bebedouros em Lisboa.

O Chafariz das Garridas ou de Benfica (na imagem) e o Chafariz do Intendente são os dois bebedouros que vão entrar em 2020 com nova cara. Mas nos próximos dois anos, a empresa municipal vai restaurar mais 16 por toda a cidade.

Segundo o jornal Público, estas medidas vão resultar de um protocolo entre a Câmara de Lisboa e a EPAL de acordo com uma proposta subscrita pelo vereador José Sá Fernandes que será discutida esta quinta-feira em reunião privada de câmara.

Depois do Chafariz das Garridas, na Estrada de Benfica, e do Chafariz do Intendente estão previstas intervenções de conservação e restauro nos seguintes chafarizes: Janelas Verdes (Estrela), Mãe d'Água à Praça da Alegria (Santo António), Rato (Santo António), Carmo (Santa Maria Maior) e Santo António da Convalescença (São Domingos de Benfica). Até 2022 serão 11 os congéneres que se irão juntar à lista de intervenções.

O mesmo documento, avança ainda o jornal diário, prevê o alargamento da abertura ao público das galerias subterrâneas da cidade, a instalação de 200 bebedouros na cidade e também de painéis fotovoltaicos para o abastecimento eléctrico da rede de distribuição de água.

+ EPAL oferece chá e café na Avenida da Liberdade

+ Lisboa Geographic: ajude a preencher o mapa da biodiversidade de Lisboa

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade