Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Ouvir e ver: o novo trabalho do rapper ProfJam estreia no cinema
ProfJam
©Sara Hawk

Ouvir e ver: o novo trabalho do rapper ProfJam estreia no cinema

Publicidade

Depois da paragem, o rapper voltou ao serviço com um trabalho que chega não em voz e beat, mas em filme. #000000 tem sessões no Cinema Ideal estas quinta e sexta-feira, às 23.30.

É um novo contraste na paleta de cores do hip-hop, do trap, da música e da arte, um novo trabalho do ProfJam que arruma a música, que se foca na letra, que nos comanda com um “dropa a puta do beat” e que o tira de cena de seguida: “caga no beat”, porque não o andavam a ouvir como ele queria.

Apresentado no cinema Ideal à imprensa e a amigos, o filme estará em exibição amanhã, quinta-feira, no mesmo local, às 23.30, com nova data entretanto anunciada para sexta, à mesma hora (passa também pelo Porto, no Cinema Trindade). A experiência remete-nos para uma expectativa fervilhante num culto dos tempos modernos. Não é uma ordem religiosa mas podia sê-lo – é o efeito que ProfJam tem na sala.

O resultado é uma viagem visual, com Rita Blanco a conduzir, no ecrã, a arrancada de uma epifania escrita pelo rapper antes do período que passou em desintoxicação e que ele denomina como um discurso ou um monólogo. “Começou por ser uma diss track ao diabo, ia abordar como uma faixa só áudio, mas depois de ter isso, pensei em ter um suporte visual que toca em bué da pontos.”

Redenções à parte, #000000 é, também, um conjunto de endereços para coisas. “É uma maneira de me artilhar com métodos linguísticos para poder discernir onde é que estou a errar e a afastar-me da melhor versão de mim próprio”.

Cinema Ideal (Rua do Loreto, 15). 23.30. 5€.

+ "Parasitas", um filme estrangeiro, faz história ao conquistar os Óscares

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade