A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
dança
Fotografia: David Hofmann/ Unsplash

Passaporte da Dança dá um baile a Lisboa com mais de 180 aulas grátis

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

Preparado para aquecer a pista? O Cumplicidades – Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa e as várias juntas de freguesia da cidade estão de volta com o melhor passaporte de todos. Aproveite porque dá direito a mais de uma centena de aulas de dança grátis.

O Cumplicidades volta a invadir Lisboa de 6 a 21 de Março. Com o festival regressa também o Passaporte da Dança, que funciona como um ciclo de aulas grátis para todas as faixas etárias. O objectivo é promover a arte de abanar a anca e a sua prática, mas também há sessões de yoga se quiser treinar a sua flexibilidade. De Alvalade a Arroios, de Santo António a São Vicente, diferentes espaços e juntas de freguesia entram neste bailado. Junte-se à festa e aproveite para se pôr em forma.

Antes, antecipa-se este projecto educativo com três aulas abertas já esta sexta-feira, 28 de Fevereiro, em diferentes estações do Metro de Lisboa: Almada (16.00-18.00), Marquês de Pombal (17.30-18.30) e Cais do Sodré (17.30-18.30). Depois é preparar-se para abraçar o mês de Março com o pé direito – o movimento certo de pés é muito importante nestas andanças.

As propostas incluem ballet, tango, salsa, rock n'roll, flamenco, sevilhanas, jazz, biodanza, hip hop e muitos outros estilos: não há forma de ficar de fora. Nem sequer se lhe faltar o jeitinho. É que para isso há bom remédio. A Academia Danças do Mundo (Rua Visconde de Santarém 71) preparou duas aulas de “Danças Sociais para Pés de Chumbo” (3 e 5 de Março, 18.00) e o Centro de Artes de Marvila oferece aulas de dança criativa (3 de Março, 17.15 e 18.00), para se divertir sem ter de se preocupar com a técnica ou a falta dela.

Destacam-se ainda as aulas do Centro em Movimento (Rua dos Fanqueiros 150, 1.º), que propõe, por exemplo, “Dançar como quem resiste, resistir como quem deseja” (3 e 5 de Março, 18.00) e “Dançar com Coisas” (4 de Março, 18.30). Mas há muitas mais actividades curiosas, como o “Salto do Tigre” (2 de Março, 20.45), no Centro Cultural Maloca (Rua da Penha de França 67A), que mistura o funk brasileiro com o americano voguing.

Para ficar a par da programação completa, basta consultar o Passaporte da Dança no site do Festival Cumplicidades. Ao todo, são mais de 180 aulas em 40 espaços de 16 juntas de freguesia de Lisboa. Mas, atenção, há vagas limitadas, por isso não se esqueça que tem de fazer a inscrição prévia e receber a confirmação por e-mail.

+ As melhores discotecas em Lisboa para dançar até de manhã

Últimas notícias

    Publicidade