A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Pastelaria Suíça no Rossio vai fechar

Por
Claudia Lima Carvalho
Publicidade

É mais um espaço emblemático e histórico da cidade de Lisboa a fechar portas. A Pastelaria Suíça, no Rossio, vai fechar em breve, depois de ter desistido de receber a classificação de Loja com História, que lhe configuraria um estatuto especial, noticia a Lusa.

“Desde o momento da aludida candidatura até à presente data, ocorreram várias vicissitudes, que tiveram e têm tido um impacto negativo na exploração comercial da Pastelaria Suíça, impossibilitando a sua viabilidade, subsistência e continuidade no futuro”, escreve Fausto Roxo, dono do estabelecimento, numa carta enviada à Câmara Municipal de Lisboa.

Este é, na verdade, um cenário que há algum tempo se avizinha, depois das notícias que deram conta da compra daquele quarteirão por um fundo imobiliário espanhol. Segundo a Lusa, Fausto Roxo tem tido várias conversas com o novo senhorio “no sentido de chegar a acordo para cessar atividade”. Razão pela qual a classificação de Loja com História “deixou de se justificar”.

Esta classificação é uma medida da câmara de apoio ao comércio tradicional da cidade que disponibiliza uma linha de ajuda financeira à preservação, modernização e promoção destes espaços.

Vale a pena lembrar que a Pastelaria Suíça, fundada em 18 de Março de 1922, foi um dos primeiros cafés a ter esplanada em Lisboa. Foi, muitas vezes, uma imagem de promoção da capital, mas está hoje longe desses tempos de glória. A esplanada, que noutras décadas se enchia, é agora mais procurada por turistas e raramente se esgota.

Além da Pastelaria Suíça, também a Joalharia Correia (na Rua do Ouro) e a loja de decoração Ana Salgueiro (na Rua do Alecrim) estão em negociações ou chegaram a acordo para fecharem portas.

+ Lisboa já é uma das 100 cidades mais caras para se viver

Últimas notícias

    Publicidade