A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
O Peculiar Crime do Sr. Jacinto
DRO Peculiar Crime do Sr. Jacinto

Português pela primeira vez entre os premiados do festival PLAY

Por
Vera Moura
Publicidade

O peculiar crime do estranho sr. Jacinto foi um dos vencedores da sétima edição do PLAY – Festival internacional de Cinema Infantil e Juvenil de Lisboa, que chegou ao fim este domingo. 

Acabou-se o que era doce e na hora de fazer balanços, a sétima edição do PLAY, que nos dois últimos fins-de-semana encheu o Cinema São Jorge, a Cinemateca Júnior e o Capitólio, tem muito para recordar: vinte sessões esgotadas, o cine-concerto de Norberto Lobo no Capitólio esgotado, ateliers esgotados. Mas a notícia do dia é a do primeiro português entre os vencedores do festival internacional de cinema infantil e juvenil de Lisboa. 

O filme de Bruno Caetano O peculiar crime do estranho sr. Jacinto venceu o prémio de melhor curta metragem PLAY. Segundo o júri, "é a curta mais completa, ao nível estético, narrativo e do ponto de vista da realização", lê-se em comunicado.

"Numa cidade em que a natureza foi proibida, o pequeno crime de um simples homem desencadeia consequências inesperadas" é o mote da criação do realizador, produtor e animador Bruno Caetano, formado no Centro de Investigação e Estudos Multimédia da Faculdade de Belas Artes de Lisboa, que leva para casa um prémio no valor de 1000 euros.

Os prémios do público foram para o francês Eléctrico 28 (na faixa etária dos 3 aos 5), o português Assim, mas sem ser assim (6-9 anos) e o húngaro Canta (10-13 anos). 

Ao longo de 2020, o PLAY tornar-se-á itinerante, levando o melhor do cinema para crianças a outros pontos do país. 

+ A Ordem da Fénix chega a Lisboa em 2021 sob a batuta da Orquestra Filarmonia das Beiras

Últimas notícias

    Publicidade