A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Balada para Sophie
©Juan CaviaBalada para Sophie

Premiada novela gráfica de Filipe Melo e Juan Cavia vai ser adaptada à televisão

'Balada para Sophie', a última publicação da dupla Filipe Melo e Juan Cavia, vai ser adaptada a série televisiva pela Universal International Studios, em parceria com a IDW Entertainment.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

A Penguim Magazine, do Penguin Random House Grupo Editorial, revelou que Balada para Sophie, a última obra que juntou o autor Filipe Melo e o ilustrador argentino Juan Cavia, será adaptada para uma série televisiva. Os responsáveis pela adaptação da novela gráfica serão os ​​Universal International Studios, num projecto que também conta com a parceria da IDW Entertainment, produtora e distribuidora de séries como Wynona Earp, Dirk Gently'sLocke & Key. Além de desenvolver obras da IDW Publishing, também aposta em histórias da Top Shelf Productions, a editora norte-americana de Balada para Sophie.

Juan Cavia e Filipe Melo
©Juan CaviaBalada para Sophie

Filipe Melo é músico, mas também realizador, argumentista e escritor. Com o ilustrador argentino Juan Cavia já publicou vários livros, uma parceria com cerca de uma década que nos deu as aventuras de Dog Mendonça e Pizza Boy (2011-2016), Os Vampiros (2016), Comer/Beber (2017) e Balada para Sophie (2020). Obras que começaram a ser editadas com a chancela Tinta da China e que recentemente passaram para o catálogo da Companhia das Letras, do grupo editorial Penguin Random House.

Com argumento de Filipe Melo e arte de Juan Cavia, em Balada para Sophie o famoso pianista Julien Dubois, já em fim de vida, ao ser entrevistado por uma jornalista prefere dar a conhecer a história de François Samson, um humilde pianista que para Dubois foi o melhor de todos os tempos. Uma novela gráfica que já vai na quarta edição (duas pela Tinta da China e outras tantas pela Companhia das Letras) e que foi considerada a Melhor Obra de Banda Desenhada de Autor Português no Amadora BD 2021, o Livro do Ano Bertrand 2020 ou a Melhor Publicação Nacional com Distribuição Comercial nos Prémios Bandas Desenhadas.

No cinema, Filipe Melo escreveu e realizou a curta-metragem I'll See You In My Dreams (2004), premiada no Fantasporto, assim como Sleepwalk (2018) e O Lobo Solitário (2021), ambas distinguidas com o Prémio Sophia para Melhor Curta-Metragem de Ficção. Para a televisão, escreveu O Mundo Catita (2008), uma biografia fictícia de um cantor boémio, interpretado por Manuel João Vieira. Também foi um dos autores de Princípio Meio e Fim, juntamente com Nuno Markl, Salvador Martinha e Bruno Nogueira.

+ A grande obra de Filipe Melo e Juan Cavia

+ Feira do Livro de Lisboa realiza-se de 25 de Agosto a 11 de Setembro

Últimas notícias

    Publicidade