A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
desconfinamento
Fotografia: Gabriell Vieira

Proibida circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa

A partir de sexta-feira, 18 de Junho, às 15.00, é proibido circular de e para a Área Metropolitana de Lisboa ao fim-de-semana. Devido ao agravamento da situação epidemiológica, a nova fase de desconfinamento poderá não se verificar.

https://media.timeout.com/images/105796494/image.jpg
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

A maioria do país está dentro do quadro previsto, mas o Governo decidiu proibir a circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa ao fim-de-semana, já a partir das 15.00 desta sexta-feira, 18 de Junho. “Para a semana, para onde estava prevista nova fase de desconfinamento, com estes números dificilmente se pode verificar”, avisou a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, na conferência de imprensa do Conselho Ministros.

Quanto à situação epidemiológica em Lisboa, a ministra explicou ainda que, faltando dados mais concretos, a evolução pandémica pode dever-se a uma “prevalência maior da variante Delta”, que está a atingir também a zona do Alentejo. A decisão de proibir a circulação entre concelhos na área metropolitana, durante o fim-de-semana, tem enquadramento na lei da protecção civil e como objectivo impedir o alastrar do vírus ao resto do país.

As novas restrições na Área Metropolitana de Lisboa, que vão ser aplicadas ao fim-de-semana, duram até às 06.00 da manhã de segunda-feira e implicam um reforço de fiscalização às deslocações e aos eventos que possam ser realizados. Além de reforçar o cumprimento das regras de combate à pandemia, que em Lisboa inclui o teletrabalho obrigatório pelo menos até 28 de Junho, a ministra lançou ainda alguns alertas. “Mesmo quem já tem uma dose da vacina pode não estar protegido, deve evitar ajuntamentos, continuar a usar a máscara e testar sempre que estiver com um grupo de pessoas maior.”

Portugal registou mais duas mortes e 1233 novos casos de contágios por Covid-19 nas últimas 24 horas. Desses 1233 casos, 804 foram registados em Lisboa, que permanece como a região com o número de casos mais elevado. A partir da próxima segunda-feira, 21 de Junho, os centros de vacinação de Lisboa vão passar a ter horário alargado para aumentar o número de doses de vacinas administradas por semana para cerca de 65 mil. As pessoas com mais de 55 anos não precisam marcar para receber a vacina, podendo dirigir-se directamente ao centro de vacinação do local onde estão inscritas no centro de saúde.

+ Lisboa à esplanada: o desconfinamento em imagens [Fotogaleria]

+ Leia já, grátis, a edição Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade