A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
boutique de pudins
Fotografia: Gabriell Vieiraboutique de pudins

Puddino: abriu uma "boutique de pudins" em Campo de Ourique

Começaram por vender no Instagram mas durante a pandemia a Puddino ganhou loja física, com pudins para todos os gostos.

Por Ana Rita Carvalho
Publicidade

Quando era pequeno, o irmão de Adriana Moraes estava sempre a perguntar à avó se tinha "pudino". Anos mais tarde, em plena pandemia, o "pudino" deu origem ao nome da nova loja de Campo de Ourique. A "pudinzeira de plantão", como se descreve, é Adriana, que em conjunto com o namorado, Francisco Costa, abriu a Puddino, uma loja especializada no doce.

pudins da boutique
Fotografia: Gabriell Vieira

Desafiada por Francisco, Adriana começou a dedicar-se à confecção desta sobremesa com base nas recordações que tinha da sua mãe e da avó na cozinha, sempre de volta do pudim. Começaram a chover encomendas através das redes sociais e Adriana decidiu abrir uma boutique de pudins.

É bastante comum no Brasil, mas nem tanto assim por cá, explica-nos. “O pudim para o brasileiro é uma instituição. Nas festas, nos almoços de família, em toda a ocasião, não pode faltar um na mesa", conta, ao balcão da sua nova loja, onde até a decoração é inspirada no pudim, com tons alaranjados em alusão à cor caramelizada, e até com candeeiros a imitar gotas de caramelo. 

Para além do clássico de leite condensado estão disponíveis outros sabores como o pudim de café, chocolate belga, coco, fava de baunilha, laranja, limão, nutella e pistáchio. 

 

pudim da boutique
Fotografia: Gabriell Vieira

Poderá escolher em versão individual (a partir de 2,80€, consoante o sabor), pequeno (a partir de 15€) ou em tamanho grande (a partir de 23€) se quiser levar uma sobremesa para o almoço de família. Para os desenformar é simples: “Basta aquecer ligeiramente o fundo da forma, passar uma faca sem bico para o pudim soltar e depois virar sem medo”, sugere Adriana.

Os pudins estão disponíveis para recolha na loja ou, em alternativa, são entregues em casa sem qualquer custo extra (até ao final de Dezembro e apenas na zona de Lisboa). O pudim chega dentro da forma e numa caixa bem embrulhada com um laço, tal e qual um presente, pronto para oferecer. Na semana do Natal, Adriana promete "um sabor surpresa". Vá espreitando no Instagram.

Rua Silva Carvalho, 52B (Campo de Ourique). 
961 833 051. Ter-Sex 12.00-19.00, Sáb 10.00-18.00 (os horários estão sujeitos a mudanças devido às restrições impostas devido à Covid-19).

Editado por Inês Garcia

+ Facebook lança em Portugal campanha de apoio às pastelarias durante o Natal

+ Chocolates artesanais Diogo Vaz, de São Tomé, chegaram ao Bairro Alto

Últimas notícias

    Publicidade