A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Copos, Brinde, Amizade
©Scott Warman on Unspalsh

Quer fazer amigos? Vá ao Instant Cruch

O café Instant Crunch, junto à Praça da Alegria, organiza eventos para fazer amigos no pátio. E há sangria grátis.

Por Clara Silva
Publicidade

Afinal, há vida fora das redes sociais. Depois de meses de reuniões no Zoom e jantares com amigos no House Party, a vida social volta a acontecer – em carne e osso. No Instant Crunch, café/restaurante que abriu perto da Praça da Alegria, em Lisboa, o desafio é conhecer novas pessoas nas tardes Instant Friends, onde dez desconhecidos se encontram no pátio às terças-feiras à tarde para conversar. Uma maneira de chamar “newcomers” para o café, diz a francesa Anastasia Leportier, que abriu o espaço em Abril, em plena pandemia, juntamente com o namorado, o chef Yoann Guiraud.

Começar um negócio quando a cidade está em quarentena não é o melhor dos cenários, mas o take-away ajudou-os. Desde 18 de Maio que estão de portas abertas, das dez da manhã às dez da noite, com brunch (10.00-15.00), petiscos portugueses e franceses e cocktails. As tardes Instant Friends, uma ideia que Anastasia pôs em prática em Junho, estão agora a atrair novos clientes. A premissa é “criar encontros sociais amigáveis e confortáveis”, respeitando as regras da DGS. “Não podemos receber mais de dez pessoas no pátio com as regras da Covid-19”, sublinha.

Os encontros, às terças-feiras entre as 17.00 e as 19.00, são de entrada livre, mas é preciso confirmar a presença no Facebook para respeitar o limite de pessoas. Quem participar tem direito a um copo de sangria grátis, um incentivo à conversa.

“Começámos também com as tardes Instant Tandem, às quartas”, acrescenta Anastasia. Semelhantes aos encontros de terça, a ideia aqui é “praticar línguas de forma gratuita”. Também com a oferta de uma sangria tinta, a inscrição implica que se especifique que língua fala, para poder haver intercâmbio. A partir daí, estão os dados lançados para o convívio e para uma noite que se pode prolongar até às 22.00, com cerveja a 2€ e cocktails a 5€.

“Criei o evento a semana passada e apareceram dez pessoas, por isso funciona”, diz Anastasia, que se mudou do Canadá para Lisboa há um ano, onde a irmã já trabalhava. “Ela disse-me que a cidade era muito atractiva.” Aos poucos, a vida social vai voltando ao que era.

Rua da Mãe de Água, 9 (Lisboa). Seg-Dom 10.00-22.00. Encontros às terças e quartas, 17.00-19.00. 21 151 1516. instantcrunch@gmail.com

+ Na Meia Gaiola fala-se sobre vinho com humor e conhecimento de causa

Últimas notícias

    Publicidade