Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Quinzena de Dança de Almada está de volta com novos formatos
Quinzena de Dança de Almada
Fotografia: Quinzena de Dança de Almada/ Facebook

Quinzena de Dança de Almada está de volta com novos formatos

A 28.ª edição do festival de dança está quase aí. Além dos habituais espectáculos, o programa inclui várias actividades em seis espaços diferentes de Almada e Lisboa.

Publicidade

A Companhia de Dança de Almada organiza a famosa Quinzena desde 1992. Este ano, foi necessário pensar em novos formatos e assegurar a segurança para todos os envolvidos, mas a programação promete surpreender com quatro espectáculos convidados, um workshop, três mesas-redondas e três sessões de vídeo-dança. O evento arranca a 18 de Setembro com A quiet moment, uma criação de Bruno Duarte, na sala principal do Teatro Municipal Joaquim Benite.

Além do espectáculo de abertura, que se repete a 19, estão previstos mais três espectáculos de coreógrafos convidados: Ballroom + Yo Solo Quería Bailar, de Laura Lliteras e Marina Fullana, da companhia espanhola UNAiUNA; Alento, de Pedro Ramos, da Ordem do O; e o espectáculo infantil Do pé para a mão, criado e interpretado por Ângela Ribeiro e Susana Rosendo, da EmbalArte. Mas há mais.

Com quatro programas e representantes de dez países diferentes (Alemanha, Bélgica, Bielorrússia, Espanha, Equador, Holanda, Israel, Portugal e Suíça), destaca-se ainda a plataforma coreográfica internacional, apresentada pela primeira vez em streaming, entre 9 e 11 de Outubro. Antes, a 3 de Outubro, pelas 15.00, irá realizar-se um workshop sensorial grátis em Almada, num percurso entre a Casa da Cerca e o Fórum Municipal Romeu Correia, que convida a descobrir novas perspectivas sobre a relação do nosso corpo com o espaço envolvente.

Já a mostra de vídeo-dança, a decorrer entre 2 e 9 de Outubro, vai contar com mais de duas dezenas de filmes de vários realizadores e coreógrafos, inclusive o premiado documentário Danzantes (2019), de Juan Vicente Chuliá. No âmbito dos projectos europeus Up2DANCE e CLASH!, haverá ainda mesas redondas com profissionais convidados, para debater temas pertinentes para os profissionais da dança.

Devido às restrições provocadas pela Covid-19, todos os eventos estarão sujeitos às regras de higiene e distanciamento, impostas pela Direcção-Geral de Saúde, e as reservas e aquisições de bilhetes devem ser antecipadas. O uso de máscara durante os eventos é obrigatório e a entrada será interdita após o início dos espectáculos.

+ O que não pode perder no Lisboa na Rua

+ Leia já, grátis, a edição Time Out Portugal desta semana

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade