A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Rock in Rio Ney Matogrosso
Marcos Hermes

Rock in Rio Lisboa anuncia Ney Matogrosso, Delfins e compromissos sustentáveis

Além da música, as conversas sobem a palco e ganham destaque na edição do festival em 2022.

Escrito por
Joana Moreira
Publicidade

Num ano de pandemia, virámo-nos para as conversas. É essa a conclusão de Roberta Medina, organizadora do Rock in Rio, sobre este ano que passou. Na conferência de imprensa esta quinta-feira a ideia foi "retomar a conversa" e divulgar as novidades da próxima edição do Rock in Rio, que, depois de ser duas vezes adiado, acontece finalmente nos dias 18, 19, 25 e 26 de Junho de 2022. 

A palavra e o reencontro serão o grande foco do festival e "cada palco da cidade do rock vai ter a sua conversa e o seu manifesto", explicou durante a apresentação. As cidades do futuro são mote para uma série de palestras cuja programação está ainda por revelar. Confirmadas estão "conversas com chefs portugueses sobre alimentação, sustentabilidade e desperdício alimentar". Além disso, há um compromisso público com metas de sustentabilidade definidas até 2030, que passam por ter um evento sem desperdício alimentar, com "lixo zero em todas as edições", garantir que todos os stakeholders têm políticas de sustentabilidade e ser um evento "acessível, inclusivo e plural". "Já está claro que a gente precisa de trabalhar junto", disse Roberta Medina. 

Quanto à música, poucas são as novidades, porque já era conhecida a lista dos grandes nomes que vão subir ao Palco Mundo, o maior palco do festival: Liam Gallagher, The National, Foo Fighters, Ellie Goulding, Black Eyed Peas, David Carreira, Bush, A-ha, Duran Duran, Post Malone, Anitta, Jason Derulo, HMB, Ivete Sangalo e Xutos & Pontapés. 

Sabe-se agora que também Ney Matogrosso, Delfins, Linda Martini, Funk Orchestra, Mundo Segundo & Sam The Kid, Moullinex & Xinobi, Bárbara Tinoco e The Black Mamba darão música no Parque da Bela Vista. Para The Black Mamba, é um regresso ao festival onde actuaram há precisamente 10 anos. Para Tinoco, é o primeiro festival de sempre. "É assim que se vê que eu tenho uma carreira muito pandémica", brincou aquando do anúncio. 

O Rock in Rio Lisboa regressa ao Parque da Bela Vista com os concertos distribuidos pelo Palco Mundo, Galp Music Valley, Rock Street, Palco Yorn, Continente Chef’s Garden e Super Bock Digital Stage. Durante os próximos meses deverão ser revelados mais nomes, avisa a organização. Os bilhetes custam 74€.

+ Festival Bairro da Música leva concertos a dez cidades

+ Os melhores concertos em Lisboa esta semana

Últimas notícias

    Publicidade