A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Serões musicais voltam a trazer concertos nocturnos ao Palácio da Pena

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

Cinco fins-de-semana, sete programas musicais, dez concertos – é assim que se traduz em números a edição de 2019 dos Serões Musicais no Palácio da Pena. A 5.ª Temporada de Música da Parques de Sintra acontece de 1 a 30 de Março.

Ao longo do mês de Março, pode embarcar nesta viagem no tempo que evoca os saraus realizados no Salão Nobre na segunda metade do século XIX, e reviver os encontros promovidos pelo então rei-artista D. Fernando II. O Salão Nobre do Palácio é o palco escolhido para os concertos nocturnos – com uma lotação de apenas 80 lugares.

A primeira sessão acontece a 1 de Março com o violinista Bruno Monteiro e o pianista João Paulo Santos, que tomam as rédeas dos sons do século XIX, com composições de Mendelssohn, Brahms, Wieniawski, Kreisler, Gluck, Sarasate e do português Luiz Barbosa. No dia a seguir, será a vez da jovem pianista Marta Menezes se apresentar a solo com obras de Beethoven, de Franz Liszt e do seu discípulo José Vianna da Motta. Marta interpreta ainda Sonata n.º 3, em Si menor, de Chopin, uma das grandes obras-primas para piano.

No segundo fim-de-semana de concertos, estão na agenda as actuações do Lumennis Trio, dia 8 de Março, que celebra a música de câmara com um repertório de obras da juventude de Beethoven e de Mikhail Glinka, e composições tardias de Johannes Brahms e de Max Bruch.

No dia 9, há um recital que funde o canto e a literatura com a soprano canadiana Siphiwe Mckenzie, acompanhada ao piano com João Paulo Santos e pelo actor André Gago, que irá ler excertos da correspondência trocada entre Gustave Flaubert e Louise Colet – será um verdadeiro espectáculo literário-musical.

O espectáculo dos dias 15 e 16 recria uma viagem ao interior de um salão da época, onde era prática popular a música doméstica em ambiente familiar e na qual o papel da mulher era fundamental – são concertos protagonizados pelos sopranos Rita Marques e Ana Franco, o mezzosoprano Ana Ferro e, ao piano, Joana David, Nuno Margarido Lopes e João Paulo Santos.

Robert Schumann será o compositor de destaque nos dias 22 e 23 de Março com o barítono André Baleiro e o pianista David Santos, que apresentam apenas composições de 1840, ano em que Schumann compôs quase 140 Lieder.   

O último serão musical, do fim-de-semana de 29 e 30 de Março, conta com a soprano Elisabete Matos que, ao lado do pianista Cristóvão Luiz, celebra os 150 anos da morte de Hector Berlioz.

Palácio da Pena. Estrada da Pena. 1 a 30 de Março aos fins-de-semana 21.00. 15€/concerto e 89€/ciclo.

Os melhores concertos de jazz e clássica em Lisboa esta semana

Últimas notícias

    Publicidade