Global icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores concertos de jazz e clássica em Lisboa esta semana

Os melhores concertos de jazz e clássica em Lisboa esta semana

Marque na agenda: estes são os espectáculos obrigatórios para quem gosta de música clássica e de jazz
Rui Massena
Rui Massena
Por José Carlos Fernandes |
Publicidade

Em igrejas barrocas profusamente decoradas com talha dourada e no espaço despido de antigas fábricas. Em grandes auditórios e em bares tão pequenos que os músicos ocupam metade do espaço disponível. Por um saxofonista solitário e pelos cem músicos de uma orquestra sinfónica. Por músicos que há mais de meio século pisam os mais prestigiados palcos do mundo e miúdos que ainda andam na escola. Visando recriar com máxima fidelidade as sonoridades de tempos passados ou apostando na miscigenação, desfazendo barreiras, sobrepondo épocas e baralhando geografias. Com música minuciosamente ensaiada ou criada no momento por músicos que se encontram pela primeira vez. Há concertos de jazz e música clássica em Lisboa para todos os gostos e circunstâncias e esta selecção reflecte essa variedade.

Recomendado: Os melhores concertos em Lisboa esta semana

Concertos de jazz e clássica a não perder esta semana

Ricardo Toscano
©DR
Música, Jazz

Ricardo Toscano Quarteto

icon-location-pin O Bom O Mau e O Vilão, Cais do Sodré
icon-calendar

O saxofonista estreou-se como líder em 2018 com Ricardo Toscano Quartet, eleito pela maior parte da crítica como melhor disco do ano do jazz português. É acompanhado pela equipa que o gravou: João Pedro Coelho (piano), Romeu Tristão (contrabaixo) e João Pereira (bateria).

Lucas Debargue
©Bernard Debargue
Música, Clássica e ópera

Lucas Debargue

icon-location-pin Museu Calouste Gulbenkian, São Sebastião
icon-calendar

O jovem pianista francês Lucas Debargue (n. 1990) emparelha uma selecção de “favoritos” de Chopin: a Polonaise op.53, a Barcarola op.60, os Scherzos n.º1 op.20 e n.º 2 op.31 e o Nocturno op.48/1 – com a a Sonata n.º 2 do (também polaco) Karol Szymanowski. Debargue grava em exclusivo para a Sony, editora em que lançou três álbuns: um com Chopin, Grieg, Liszt, Ravel, Scarlatti e Schubert (2016), outro com Bach, Beethoven e Medtner (2016) e outro com Schubert e Szymanowski (2017), que contém a acima mencionada Sonata n.º 2.

Mais jazz e clássica

Hot Club Portugal - Banda
©DR
Bares

Os oito melhores sítios para ouvir jazz em Lisboa

Encaremos isto como uma espécie de jukebox, mas em vez de chegarmos a um bar e metermos uma moeda no disco que queremos pomos antes uma moeda no bar que queremos, pedimos uma bebida e esperamos que a nossa aposta corra bem ao nível da escolha musical. Isto partindo do pressuposto que não vamos às cegas, que sabemos o que queremos a invadir-nos os tímpanos e que, por muito que não seja a música que queríamos naquela altura, não andará longe. Os bares de jazz ocupam esse lugar, querer Chet Baker e levar com Miles Davis, querer Duke Ellington e levar com Coltrane. Nada mau. Assim se espera nestes que são os melhores sítios para ouvir jazz em Lisboa.

Rodrigo Amado Trio
©Nuno Martins
Música, Jazz

13 discos indispensáveis de jazz português

A famosa dupla Maria João e Mário Laginha, Carlos Bica e Azul, L.U.M.E. e Júlio Resende são alguns dos nomes que constam desta lista de discos indispensáveis de jazz português. Porque nunca é demais lembrar que o nacional é bom.

More to explore

Publicidade