Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Serviço de streaming da Disney chega a Portugal no Verão
Notícias / Filme

Serviço de streaming da Disney chega a Portugal no Verão

Mandalorian
DR/Disney

Já se esperava que acontecesse este ano, mas ainda não havia uma data. Sabia-se apenas que o Disney+ chegava a alguns países europeus em Março, mas Portugal estava fora dessa lista. Agora, é oficial: o serviço de streaming da Disney chega no Verão. Continua, no entanto, a faltar uma data exacta.

O anúncio foi feito pela Disney, que avança ainda os preços do serviço: 6,99€ por mês ou 69,99€ por uma subscrição anual. 

Desde que foi anunciado no ano passado, que o mercado tem mexido, desde logo porque este novo serviço de streaming não inclui apenas os conteúdos da Disney, mas de todas as marcas que a gigante foi adquirindo ao longo dos anos, com especial destaque para a Pixar e a Marvel. Vale a pena lembrar que até agora a Marvel tinha uma forte presença no catálogo da Netflix. Sem surpresa fomos ouvindo, nos últimos meses, os cancelamentos de O Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage, O Punho de Ferro, O Justiceiro e Os Defensores.

Aos Estados Unidos, o Disney+, casa também da Fox, da National Geographic e da Lucasfilm, chegou no final de 2019 e tornou-se rapidamente num sucesso, tendo sido uma das aplicações mais descarregadas. A série The Mandalorian, um spin-off de Star Wars, foi a principal aposta e não houve quem não tivesse ouvido falar do “baby Yoda”, que até hoje continua a inundar as redes. Mas há mais umas quantas séries e filmes originais prometidos. 

O Reino Unido, a Irlanda, a França, a Alemanha, a Itália, a Espanha, a Áustria e a Suíça são os primeiros países a receber o Disney+ a 24 de Março – uma data antecipada, já que foi inicialmente anunciado para 31 de Março. 

Em comunicado, a Disney explica que o serviço vai funcionar em todas as principais plataformas, dispositivos móveis, consolas de videojogos ou smart TVs. Tal como os serviços mais conhecidos a operar por cá – Netflix, HBO, Amazon Prime Video e Apple TV+ –, o Disney+ não terá anúncios a interferir com o conteúdo. O serviço permitirá o download ilimitado de episódios em até dez aparelhos, para poderem ser vistos offline.

+ Cinco séries para ver em Janeiro

Publicidade
Publicidade