A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Sintra recebe festival de artes performativas e uma feira do livro

Por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Teatro, música, dança, marionetas, exposições, oficinas, contos e uma feira do livro. O Festival Periferias promete dezassete dias de cultura em Março dedicados à lusofonia.

O Periferias, festival dedicado à lusofonia e aos novos talentos nacionais e internacionais, regressa pela 8.ª vez. Concebido pela associação cultural Chão de Oliva, o programa promete trazer cultura aos palcos do concelho de Sintra em diferentes formatos.

Na edição deste ano, a acontecer de 1 a 17 de Março, o evento arranca com a actuação dos The Blkbrds & Jukebox Crew, um projecto que junta os The Blkbrds, banda com sonoridades electro-pop-funk-disco, e a Jukebox Crew, um dos mais conhecidos grupos de street-dance nacionais.

Traçando uma programação multidisciplinar, o teatro – nas suas variadas expressões – ocupa o eixo central através das criações dos seus dois grupos residentes, a Companhia de Teatro de Sintra e o grupo de marionetas Fio D´Azeite. Mas a agenda também conta com música e dança, incluindo uma apresentação do Ballet Contemporâneo do Norte, numa conferência-performance (15 de Março).

Os espectáculos dividem-se por diversos locais, como o Espaço Periferias, o Centro Cultural Olga Cadaval e a Casa de Teatro de Sintra. Estão ainda planeadas animações pelas ruas (Rua Estefânia e centro histórico) e comboios da zona. E, pela primeira vez, o Periferias também irá decorrer em palcos de freguesias circundantes, entre os quais o auditório da Junta de Freguesia de Casal de Cambra, o auditório da Igreja de Rio de Mouro e a Casa da Juventude da Tapada das Mercês.

Há ainda uma exposição no MU.SA (Museu das Artes de Sintra), de 28 de Fevereiro a 17 de Março; e uma feira de livros de artes performativas, no Espaço Periferias, de 1 a 3, de 6 a 10 e de 13 a 17 de Março.

O programa completo ainda não foi divulgado, mas o preço dos bilhetes é de 7,50€ e estão disponíveis vários descontos para grupos e jovens, por exemplo. Existem também momentos do programa com entrada livre.

+ Festival do Café chega a Lisboa em Março

Últimas notícias

    Publicidade