A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Sports & The City: o novo calendário das festas

Por Clara Silva
Publicidade

O calendário da Boys Just Wanna Have Fun é uma espécie de Pirelli da associação desportiva LGBT. A edição de 2019 já está à venda e falámos com o presidente sobre as próximas actividades do grupo de Lisboa que brilhou nos Gay Games.

Apesar do nome, Boys Just Wanna Have Fun (BJWHF), a associação desportiva sem fins lucrativos é “para toda a gente”, sublinha o presidente Rúben Filipe Coelho. Aliás, o número de mulheres nas equipas está a aumentar de tal maneira que este ano a equipa de natação, a Lisboa Poolboys, passou a chamar-se Lisboa Poolboys & Girls.

Era por isso “importante” que as fotos do calendário anual que representa a associação fossem pela primeira vez da autoria de uma mulher. A fotógrafa convidada foi Ana Catarina Caldeira, “mais ligada ao fotojornalismo”, explica Rúben, e pela primeira vez o calendário afasta-se de um tema “mais erótico”.

O destaque vai para as actividades da BJWHF, retratadas a preto e branco, com as equipas e os atletas a treinar em vários sítios de Lisboa, do Parque das Nações à Fundação Champalimaud.

“Uma homenagem à cidade”, resume Rúben, e também uma homenagem a atletas LGBT históricos, já que inclui referências a figuras como o mergulhador seropositivo Greg Louganis, considerado um dos melhores de todos os tempos, ou o jogador de râguebi Mark Bingham, “que liderou a revolta dos passageiros” do voo 93 da United Airlines, desviado durante o 11 de Setembro.

O calendário solidário foi lançado a semana passada e será apresentado na sexta-feira no bar Corvo, no Príncipe Real, numa festa que começa às 23.00. Há duas versões, uma mais pequena, de secretária (8€), e a clássica, de parede (10€).

As vendas são importantes até porque a associação “vive dos apoios que consegue recolher”, continua o presidente. “No próximo ano queremos ir aos Eurogames, em Roma, e para isso são necessárias muitas verbas.”

Este ano, e pela primeira vez, a associação conseguiu organizar uma comitiva para participar nos Gay Games, os jogos olímpicos LGBT+, que aconteceram em Paris. A participação foi um sucesso e os atletas trouxeram para casa 11 medalhas em modalidades como o atletismo, natação e ténis.

Mais importante do que isso, desde que o evento foi criado em São Francisco, em 1982, “foi a primeira vez que houve uma comitiva portuguesa e foi a primeira vez que cá se falou de [comunidade] LGBT no desporto”, diz Rúben. “Fala- -se muito pouco deste tema, existe um grande estigma e muitos preconceitos sociais, e é preciso combater isso, por isso precisamos destes eventos de grande dimensão.”

A BJWF aceita inscrições de novos sócios todo o ano e não precisa de praticar nenhum desporto. Se quer juntar-se a alguma equipa, há seis de modalidades diferentes: a Dark Horses Rugby, a Lisbon Crows Volleyball, a Lisboa Poolboys & Girls Swim Team, a Lisbon Foxes – Football Team, a equipa de tango queer Tango4Fun e a equipa de Corrida BJWHF. O calendário está à venda no Corvo, Tr3S, Finalmente, e também pode ser encomendado no site da Boys Just Wanna Have Fun.

+ A toca dos bears na Caparica

Últimas notícias

    Publicidade