A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Stand-up de Bruno Nogueira esgotado em todo o país chega a Lisboa

Por
Hugo Torres
Publicidade

O humorista leva Depois do Medo ao Teatro Nacional D. Maria II. O espectáculo terá cinco datas, entre 9 e 13 de Outubro.

Bruno Nogueira está de regresso ao stand-up. Há dez anos que não o víamos em palco, sozinho, a contar anedotas. Foi assim que o grande público o conheceu, em programas como o Levanta-te e Ri ou em rábulas como a do “Senhor do Bolo”, no 11.º aniversário da SIC, e os fãs do humorista estavam com saudades: Depois do Medo tem esgotado salas de todo o país. Agora, são finalmente anunciadas datas para o espectáculo ser apresentado em Lisboa: 9 a 13 de Outubro.

A Sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II é a escolhida para as cinco noites em que Bruno Nogueira vai “semear” os seus problemas na cabeça dos espectadores. O humorista “promete abordar questões que só incomodam pessoas que têm demasiado tempo livre”. Por exemplo: a “problemática” das pessoas que mastigam quando estão a olhar para alguém a comer, mesmo que não tenham nada na boca. “O mundo, como o conhecemos, vai permanecer exactamente igual, mas Bruno garante que vai ficar mais aliviado, por ter semeado os seus problemas nas nossas cabeças.”

Nascido em Lisboa há 37 anos, Bruno Nogueira estreou Depois do Medo em Novembro de 2018, em Faro. Desde então, as salas por onde tem passado esgotaram sempre. E já quase não há bilhetes para nenhuma das datas agendadas até ao final de Março, incluindo três noites no Porto. Os alfacinhas mais atentos poderiam tê-lo visto em Almada (Dezembro) ou no Montijo (Janeiro). Ou ainda no Barreiro, aonde o espectáculo chega em Março (já está esgotado). Para Lisboa, os bilhetes já estão à venda e custam entre 12€ e 16€.

Antes disso, a 25 de Maio, estreia-se A matança ritual de Gorge Mastromas, também no D. Maria II, com encenação de Tiago Guedes. Bruno Nogueira faz parte do elenco. Um espectáculo existencialista que ficará em cena até 29 de Junho.

+ O novo programa de Ricardo Araújo Pereira sabe a pouco

Últimas notícias

    Publicidade