Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Telheiras promove um festival dedicado aos músicos portugueses emergentes
Notícias / Música

Telheiras promove um festival dedicado aos músicos portugueses emergentes

telheiras

O Telheiras Art Fest regressa pela terceira vez este ano, entre os dias 14 e 16 de Novembro, voltando a encher o auditório da Biblioteca Orlando Ribeiro de música. A iniciativa é da agência Baguera que quer dar a conhecer nomes emergentes da música portuguesa.

Não é dos bairros mais falados no que toca a eventos culturais e por isso esta poderá ser uma boa oportunidade para dar um saltinho a esta zona da cidade e ainda ficar a conhecer aquilo que de novo se faz na música portuguesa.

A poucos passos da saída do metro de Telheiras, diversos estilos musicais como o jazz, o electro pop ou os ritmos tradicionais portugueses vão poder ser escutados no antigo Solar do século XVIII, agora reconvertido em biblioteca. 

O primeiro dia do festival arranca ao som do jazz do dueto de voz e guitarra NU (21.30) e logo a seguir (22.30) é a vez dos Vertigem trazerem ao palco temas que misturam música tradicional portuguesa com o world music ou com o jazz e o rock alternativo.

O dia 15 fica reservado para o electro pop de Filipe Keil (21.30), que este ano foi um dos seleccionados para o Festival da Canção com o tema “Hoje”, seguido de mema. (22.30), nome artístico da guitarrista e compositora Sofia Marques.

O destaque desta edição do Telheiras Art Fest vai, no entanto, para a última actuação do festival, a de Valter Lobo, que sobe ao palco no dia 16 às 21.30. O cantautor de indie/folk melancólico natural de Fafe já pisou palcos como os do CCB ou os da Casa da Música e conta já com um álbum no repertório, “Mediterrâneo” lançado em 2016.

Os bilhetes para os dias 14 e 15 têm um custo de 5€, enquanto no dia 16 o preço duplica para 10€.

Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, Estrada de Telheiras 146. 14-16 Novembro. 5€ (dias 14 e 15), 10€ (dia 16).

+ Casa Independente celebra 7 anos com noite de kuduro de entrada livre

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments