Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Tic tac: o fim do mundo está a chegar
Notícias / Filme

Tic tac: o fim do mundo está a chegar

Watchmen HBO

Um clássico é um clássico, mesmo tratando-se de uma continuação da banda desenhada onde heróis mascarados são perseguidos e o relógio do juízo final não pára de contar.

Antes de mais, um aviso: Watchmen não é uma adaptação do romance gráfico de culto criado há 30 anos por Alan Moore e Dave Gibbons. Mas que o alerta de Damon Lindelof, que nos deu séries como Lost ou The Leftovers, não o faça desistir de ver a série que é uma das grandes apostas da HBO para este ano.

Na verdade, esta não é uma adaptação na medida em que não conta a história dos livros, antes lhe dá uma continuação. “Os 12 números originais são o nosso Antigo Testamento. Quando o Novo Testamento chegou, não apagou o que tinha acontecido antes”, escreveu Lindelof numa carta aos fãs. “Para ser claro, Watchmen é o cânone.”

A série passa-se na actualidade. O mundo, porém, é o mesmo da história original, passada na década de 1980, numa realidade alternativa à que conhecemos, depois de o aparecimento de super-heróis nos anos 40 e 60 ter mudado o rumo da história – os Estados Unidos, por exemplo, venceram a Guerra do Vietname e o escândalo do Watergate nunca aconteceu. Um passado recordado na série, até porque há personagens que estão de volta, como Dr. Manhattan (cujo actor se mantém uma incógnita), Silk Spectre (Jean Smart) e Ozymandias (Jeremy Irons).

“O Antigo Testamento dizia respeito aos anos 80 de Reagan, Thatcher e Gorbachev. Os nossos precisam de ressoar com a frequência de Trump, May e Putin e o cavalo que este monta sem camisola”, escreve ainda, garantindo que o fim do mundo está em cima da mesa, agora que surgiu uma nova organização terrorista chamada A Nova Cavalaria. 

Um ataque coordenado às casas de 40 polícias obriga as forças policiais a usar máscaras para se protegerem e o mundo fica cada vez confuso. Há uma contagem decrescente para o fim, mas fica difícil de perceber onde estão os bons e os maus.

Conseguimos olhar da mesma forma para um herói que se esconde? Afinal, se é de confiança e do bem porque se esconde?

HBO. Segunda-feira (estreia)

+ Séries para ver em Outubro

Publicidade
Publicidade