Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Seis séries para ver em Outubro
Living With Yourself
Netflix

Seis séries para ver em Outubro

Para Outubro, mês em que ficar em casa colado ao ecrã já não parece mal, há estreias e regressos há muito esperados.

Por Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

Outubro chega e, entre estreias há muito esperadas como Watchmen e regressos antigos (olá Walking Dead!) ao ecrã, é o filme que dá continuação a Breaking Bad que nos está a deixar mais ansiosos. Afinal, o que aconteceu a Jesse Pinkman depois daquele final épico? Mal podemos esperar, mas estamos com medo. Faz sentido voltar a uma série que já tínhamos arrumado no panteão televisivo? Por outro lado, saudamos a aposta da RTP na ficção nacional. Depois de Sara, Sul parece merecer a nossa atenção. Seja como for, damos-lhe uma ajuda e organizamos-lhe a agenda. Eis as séries a não perder em Outubro.

Recomendado: As melhores séries do momento

Seis séries para ver em Outubro

Catarina, a Grande

É uma das estreias mais esperadas do ano, uma série sobre o reinado de Catarina, a Grande (1729-1796), mais especificamente sobre os últimos anos ao poder desta mulher que tinha tanto de implacável como de apaixonante e com quem a Rússia cresceu e se modernizou. Catarina casou-se com o imperador russo Pedro III quando era uma princesa alemã de 14 anos, mas nunca o amou. A sua ambição e a visão de Estado levaram-na a exonerar o marido e a ser coroada em 1762. Helen Mirren é a protagonista desta minissérie de quatro episódios que conta ainda no elenco com Jason Clarke.

HBO (estreia T1)

Sul

Se a RTP foi criticada por ter atirado Sara, de Marco Martins, para o segundo canal, o mesmo não se poderá dizer de Sul, a série policial realizada por Ivo M. Ferreira (Cartas de Guerra), que se estreia em horário nobre de domingo no principal canal da estação pública. Com nove episódios, a história parte de Humberto (Adriano Luz), um inspector da Polícia Judiciária responsável por investigar um conjunto de mortes suspeitas no rio Tejo, para nos trazer à memória os anos da troika. Não foi assim há tanto tempo, mas as imagens de um país sufocado por uma forte crise económica e social parecem já distantes. Sul, que no início do ano foi apresentada no Festival de Berlim, tem um elenco de luxo: Jani Zhao, Margarida Vila-Nova, Beatriz Batarda, Nuno Lopes, Miguel Guilherme.

RTP1

Publicidade

Walking Dead

Quanto Robert Kirkman dá por terminada a história original dos seus comics, as audiências da série que os levou para o pequeno ecrã não param de descer desde a sexta temporada. Mas a nona parte parece ter recuperado o espírito inicial da série da AMC, exibida pela FOX em Portugal. Destaque para um grande momento choque que marcou os episódios finais, numa cena à moda antiga do universo The Walking Dead, onde rolaram cabeças de algumas personagens queridas dos fãs. É ao mesmo tempo uma nota de esperança para a acção prometida pelo realizador Greg Nicotero, que no painel Behind the Screams da Universal Studios garantiu que os dois primeiros episódios da décima temporada serão “badass”. A acção agora segue sem o seu principal herói, o desaparecido Rick Grimes [interpretado por Andrew Lincoln] e de outra histórica: Maggie [Lauren Cohan], que abandonou a comunidade no mesmo episódio da nona temporada.

FOX

Living With Yourself

Imagine este cenário: viver o dia-a-dia com a melhor versão de si, uma pessoa igualzinha mas em bom? É precisamente o que acontece a Miles (Paul Rudd), um homem caído em desgraça e que vive num lamento constante. Um dia, decide sujeitar-se a um tratamento inovador num spa que promete torná-lo numa pessoa melhor. Subitamente, Miles acorda de bem com a vida, até perceber que afinal havia outro. Timothy Greenberg, vencedor de dois Emmys com o programa The Daily Show with Jon Stewart, é o autor deste original Netflix protagonizado por Paul Rudd e… Paul Rudd.

Netflix. 18 de Outubro (estreia T1)

Publicidade

Watchmen

É uma das estreias mais esperadas da rentrée, uma grande aposta da HBO e que chega como a continuação da aclamada banda desenhada onde os heróis mascarados são perseguidos e o relógio do juízo final continua a contar. Don Johnson (Acção em Miami, Django Libertado) é um dos rostos principais.

HBO. 21 de Outubro (estreia T1)

O Método Kominsky

Michael Douglas e Alan Arkin, dois senhores que habitualmente não vemos na televisão e que agora se juntaram nesta comédia que podia muito bem ser a história dos dois, são o melhor cartão de visita desta aposta da Netflix que conquistou o Globo de Ouro de Melhor Série de Comédia. Criada por Chuck Lorre (Dois Homens e Meio ou A Teoria do Big Bang), O Método Kominsky consegue pôr-nos a rir sobre um tema que tanto nos assusta: envelhecer. Não faltam conversas sobre a próstata, o viagra e a proximidade da morte.

Netflix. 25 de Outubro (T2)

E um filme a não perder

El Camino: A Breaking Bad Movie

Foi em 2013 que Breaking Bad chegou ao fim, após cinco temporadas. A despedida agridoce de Walter White (Bryan Cranston) e Jesse Pinkman (Aaron Paul) parecia ditar o fim de uma era na televisão que tinha começado muitos anos antes com Sopranos, mas na verdade abria portas para um novo mundo: a Netflix começava a crescer, tal como a força das audiências ajudadas pelas redes sociais. Dois anos depois, Vince Gilligan, a mente por trás de tudo, dava-nos Better Call Saul, o spin-off com a história do advogado/vigarista Saul Goodman (Bob Odenkirk). A crítica rendeu-se igualmente, tal como a maior parte dos fãs, que sempre foram insistindo num regresso da série-mãe. Quando já ninguém acreditava, Gilligan surpreendeu e anunciou um filme para fechar o capítulo: El Camino: A Breaking Bad Movie. E finalmente saberemos como correu a vida a Pinkman.  

Netflix. 11 de Outubro.

O melhor para ver no sofá

Publicidade
Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade