A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Tigers At Play
Fotografia: Manuel Manso

Tigers At Play: roupa made in Portugal para miúdos que gostam de brincar

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

Pequenina, minimalista e com uma grande janela, para poder espreitar à vontade. É assim a Tigers At Play, a nova loja de São Vicente feita à medida dos mais novos com peças feitas à mão em Portugal, dos vestidos de linho ao gorro de caxemira.

Carlos e Evgeniya Noronha Feio são as caras por detrás do projecto que nasceu online há cerca de um ano e se materializou agora com a mudança do casal para Lisboa. “A marca é um espelho daquilo que somos, de um estilo de vida mais nómada”, diz-nos Evgeniya, contando-nos as aventuras em família entre Moscovo, de onde é originária e ainda tem família, Londres e agora Lisboa. 

“A Tigers At Play surgiu de uma forma muito natural: fui mãe e tive duas meninas gémeas. A partir daí começou a ser quase automático pensar e desenhar roupas para elas”, explica. Evgeniya não gosta da separação que muitas marcas e lojas fazem entre menino e menina, como quem diz azul para meninos e rosa para meninas. “Esse tipo de divisões não fazem sentido para mim, por isso é que comecei a fazer coisas para as minhas filhas. A partir daí foi um processo orgânico, porque as pessoas viam e gostavam do que elas usavam. Decidi avançar com a marca.”

Fotografia: Manuel Manso

Na Tigers At Play as roupas estão dispostas num cabide e num aparador central, tudo numa paleta de cores que varia entre os pastéis, amarelos, azuis e cinzas. “ São roupas que não restringem, que são boas para viajar, boas para brincar. Quero fazer roupa confortável porque sabemos como são as crianças”, afirma Evgeniya.

Com roupas dos 2 aos 8 anos, encontra por aqui vestidos floridos ou mais neutros, camisas, camisolas com pêlo, calções, mantas bordadas à mãos e gorros de caxemira (25€-72€). “As peças em caxemira são feitas por um grupo de costureiras perto de nossa casa, é incrível ver as pessoas trabalhar aquilo que nós criámos e ser uma coisa tão local”, diz.

Fotografia: Manuel Manso

A produção é outro dos factores que distingue a Tigers At Play. Aqui está tudo sob controlo: é tudo feito em Portugal e em pequenas quantidades, pondo de lado qualquer produção em massa, sendo que também muitos dos tecidos são portugueses “para garantir a qualidade”. O casal recorre a pequenas fábricas e muitas das peças são feitas por uma costureira que trabalha directamente com eles na loja e cose e tricota tudo manualmente, sempre com atenção aos detalhes.  

“A nossa ideia também passa por envolver a comunidade aqui à volta porque é importante garantir a qualidade do que temos”, explica Carlos. “É importante que as pessoas percebam que tudo isto é manual, é um trabalho diferente e cuidado.”

O nome também ele foi pensado ao pormenor. Veio de uma inspiração artística: Tigers At Play é uma pintura do britânico George Stubbs (1724-1806) que mostra dois felinos a brincar – uma metáfora que remete para um cenário de brincadeiras entre crianças, que está na essência da loja.

O espaço estava fechado há oito anos, mas noutra vida vendia-se pão acabadinho de sair do forno –  morava lá uma padaria e as paredes de mármore rosa, que o casal manteve, ditam a tradição. “As pessoas do bairro têm passado aqui e gostam de ver a porta aberta para diversificar a oferta aqui na vizinhança."

Rua Damasceno Monteiro, 104c. Ter-Sáb 11.00-18.00.

+ As melhores lojas para crianças em Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade