Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Um festival de tango com o fado e 50 horas de dança

Um festival de tango com o fado e 50 horas de dança

Publicidade

Duas palavras, dois patrimónios imateriais da humanidade: tango e fado. É o que vamos poder ver no espectáculo de abertura da 17.ª edição do Festival Internacional de Tango, que acontece na próxima semana, de quarta a domingo, no mítico salão d’A Voz do Operário.

Organizado pela Lusitango, associação sem fins lucrativos, o festival traz a Lisboa 65 nacionalidades de dançarinos profissionais de tango, coisa que equivale a mais de mil bailarinos. O espectáculo de abertura Tango e Fado começa às 21.00, na quarta, e é aberto ao público (17,50€-32,50€) com duas orquestra argentinas ao vivo, a La Juan d’Arienzo e a Romantica Milonguera, e ainda um momento dedicado ao fado com Pedro Moutinho. Pela primeira vez, o festival recebe também grupos tangueros da Indonésia, Vietname e Ilhas Cook.

A programação incluí ainda workshops de tango argentino todas as tardes, ministrados pelos bailarinos e maestros convidados pelo festival.

E para quem se pergunta pelas as habituais milongas, essas vão acontecer todas as tardes, na Caixa Económica Operária, e noites do festival, no Salão principal – portanto pode dar um passinho de dança de quarta a domingo (15€-35€). Contas feitas no total são mais de 50 horas a dançar.

Aos que levam a arte mesmo a sério, há um mercado especializado de roupa, sapatos e acessórios de tango, para ficar todo quitado para as danças.

Rua da Voz do Operário, 13. Qua 21.00-05.00, Qui-Dom 14.00-05.00.

Sítios para dançar em Lisboa, de segunda-feira a domingo

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade