Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Unearthing the Music: a música experimental para lá da "cortina de ferro"
Notícias / Vida urbana

Unearthing the Music: a música experimental para lá da "cortina de ferro"

Documentário "15 Corners"
Photographer: Ula Klimek Documentário "15 Corners"

Nem sempre sabemos o que está para lá do muro. Neste caso falamos da música e do Unearthing the Music, o projecto desenvolvido pela OUT.RA ao longo de 2017. O objectivo? Compilar e criar uma espécie de arquivo sobre música experimental para lá da “cortina de ferro”, entre 1957 e a queda dos regimes socialistas. A apresentação do projecto (prepare-se que o nome é longo) Unearthing the Music: Creative Sound and Experimentation under European Totalitarianism está marcada para esta quinta e sexta no Goethe-Institut, das 15.00 às 24.00.

Músicos, conferencistas e sessões de cinema tratam de trazer de volta alguma dessa produção musical de vanguarda feita dentro dos regimes socialistas europeus. Da contracultura punk aos estúdios experimentais das rádios estatais, o Unearthing the Music toca em todas as arestas de um movimento criativo que teve de se desenvolver em liberdade constrangida. Chris Bohn e Tony Herrington, da The Wire, e músicos como Alexei Borisov, Ivan Bierhanzl, Chris Cutler ou Carlos Zíngaro fazem parte da lista de oradores do evento.

Em palco espere Ornament & Verbrechen e o grupo formado por Ivan Bierhanzl e Ivan Acher – membros da Agon Orchestra, que com Chris Cutler, Vìtor Rua, Carlos Zíngaro e Manuel Guimarães vão apresentar temas da icónica banda checa The Plastic People of the Universe. No que toca aos documentários, pode ver 15 Corners of the World ou East Punk Memories.

Goethe-Institut. Campo Mártires da Pátria, 37. Qui e Sex 15.00-24.00. Entrada livre. 

Mais em Lisboa:

+ "9 anos depois - a partir de Ilíada": os Auéééu-Teatro mostram-se na Politécnica

+ Museu de Macau: um segredo na Junqueira

Publicidade
Publicidade