Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Vamos poder ver Amália no Cinema, no início de Setembro, no Palácio Pimenta
Amália Rodrigues
DR/ Lisboa na Rua

Vamos poder ver Amália no Cinema, no início de Setembro, no Palácio Pimenta

Os filmes vão ser exibidos ao ar livre, no jardim, e comentados por diferentes convidados. A entrada é gratuita mas requer levantamento de bilhetes.

Publicidade

Para celebrar os 100 anos do nascimento de Amália Rodrigues, o Jardim do Palácio Pimenta acolhe sessões de cinema ao ar livre. O ciclo Amália no Cinema acontece entre 3 e 6 de Setembro e é grátis.

Desenvolvida em parceria com a Cinemateca Portuguesa, a iniciativa integra a programação deste ano do Lisboa na Rua, da EGEAC e da Câmara Municipal de Lisboa. A homenagem vem no seguimento das celebrações do centenário da diva maior do fado, que também protagonizou vários filmes. A curadoria do ciclo é de Diogo Varela Silva, realizador e sobrinho-neto de Amália.

E são quatro desses filmes, que consagraram Amália Rodrigues no cinema, que entre os dias 3 e 6 de Setembro serão projectados no Palácio Pimenta, no Campo Grande. Cada filme vai ser comentado, ao vivo, por diferentes convidados.

No primeiro dia, 3 de Setembro, Capas Negras, de Armando de Miranda, traz a história melodramática do romance entre o estudante de direito José Duarte e Maria Lisboa. Rui Vieira Nery será o comentador. 

Fado, História d'uma Cantadeira, de Perdigão Queiroga, vai ser projectado no dia 4. O filme segue a cantadeira Ana Maria que se estreia em público num retiro de fado e vai alcançando um grande êxito, sempre a par da sua história de amor com Júlio, o guitarrista. Com comentários de Frederico Santiago. 

No dia 5, vai ser possível ver As Ilhas Encantadas, de Carlos Vilardebó, história onde o amor volta a ser a peça central, desta vez entre um jovem marinheiro dum barco francês e uma mulher solitária desde a morte do marido e do irmão, desaparecidos no mar. Jorge Muchagato comentará o filme. 

O ciclo Amália no Cinema encerra com The Art of Amália, a 6 de Setembro. A partir de material gravado entre 1920 até 1999, incluindo actuações, extractos de filmes e entrevistas, o documentário de Bruno de Almeida acompanha a carreira artística da cantora. Joana Mortágua será responsável pelo comentário.

A entrada para as sessões é gratuita mas terá lotação limitada (150 pessoas) e, por isso, exige levantamento de bilhetes no dia de cada sessão (máximo de dois por pessoa) durante o horário de funcionamento da bilheteira, das 11.00 às 17.00. As portas abrem às 20.30 e os filmes têm início às 21.30, não sendo permitidas entradas após o começo da sessão.

Palácio Pimenta. 3 a 6 de Setembro. 21.30. Grátis.

+ Leia aqui a nova edição da Time Out Portugal e saiba como ser turista na própria cidade

+ O espectáculo Antiprincesas traz a história de Beatriz Ângelo à Estufa Fria

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade