A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Villamix
Fotografia: Alisson DemetrioVillamix Goiânia 2019

Villamix promete um festival maior e ao ar livre na baía do Seixal

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

Após duas edições com casa cheia na Altice Arena, em Lisboa, o Villamix muda-se para o Seixal. Entre as novidades, destaca-se o novo recinto ao ar livre, com novos palcos e uma tenda electrónica. Mas há mais.

É um dos maiores festivais de música do Brasil, por duas vezes vencedor do Guinness para o maior palco do mundo, e estreou-se na Europa em 2018. Depois de duas edições de lotação esgotada na Altice Arena, em Lisboa, o Villamix Lisboa muda-se agora para o Seixal para um recinto ao ar livre com capacidade para 50 mil pessoas. Seu Jorge, Luan Santana e Gustavo Lima estão entre os primeiros nomes confirmados, mas esperam-se mais artistas “da música brasileira, portuguesa e da lusofonia”.

“Pela primeira vez ao ar livre, o Villamix Lisboa, agora na baía do Seixal, pretende proporcionar ao público português a grandiosidade de experiências que já o distinguem no Brasil”, lê-se em comunicado de imprensa. “A estrutura que vamos montar para a edição 2020 do Villamix vai marcar para sempre a produção de eventos de música em Portugal”, acrescenta Pedro Neto, director do festival, na mesma nota.

Villamix
Desenho 3D do novo recinto no Seixal
Villamix

Na sexta-feira, 2 de Outubro, o parque em frente à Mundet Factory é palco de uma “festa na floresta”, como acontece na maior edição mundial do mundo, em Goiânia, no Brasil. Será uma espécie de aquecimento para o verdadeiro festival no dia seguinte, 3 de Outubro, junto à zona ribeirinha, com vista para Lisboa. No recinto ao ar livre, além dos novos palcos e de uma tenda electrónica, haverá ainda um camarote VIP, um mercado, uma roda gigante, duas áreas de restauração e uma área de campismo.

Ao todo, vão ser 12 horas seguidas de música. Os bilhetes, cujo preço varia entre os 40€ e os 100€, ainda não estão disponíveis para compra, mas está previsto serem colocados à venda no próximo mês de Março.

+ Os melhores concertos em Lisboa até ao final do ano

Últimas notícias

    Publicidade