A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Mesa de frades
Fotografia: Ana Luzia

As melhores casas de fado em Lisboa

Nas melhores casas de fado em Lisboa, só deve abrir a boca para a encher de comida. Silêncio, que se vai cantar o fado.

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Há muito que o fado saiu para fora das casas de fado. Ouvimo-lo nas pequenas e grandes salas de concertos em Lisboa, um pouco por todo o país e até no estrangeiro. Mas há quem diga que não há nada como ouvi-lo numa boa casa de fado. Os preços não são baratos, mas para muita gente compensa. E, claro, os turistas adoram sempre sítios destes. Estas são as melhores casas de fado em Lisboa, onde ainda se podem encontrar fadistas como Aldina Duarte, Marco Rodrigues ou Pedro Moutinho, e mais uma data de nomes que vão dando que falar.

Recomendado: Roteiro: à descoberta de Amália Rodrigues por Lisboa

As melhores casas de fado em Lisboa

  • Restaurantes
  • Santa Maria Maior

Neste Clube de Fado, que em tempos foi um estábulo e armazém de azeite, encontra uma ementa recheada de bacalhau, bifes, polvo à lagareiro e outras iguarias portuguesas. O cardápio de artistas é igualmente composto, com nomes como Cristina Madeira, Carlos Leitão ou Maria Ana Bobone, noite após noite.

  • Restaurantes
  • Bairro Alto

Fundado em 1947, pela fadista Lucília do Carmo (a mãe de Carlos do Carmo), o Faia é uma casa de fado histórica do Bairro Alto, por onde passaram grandes nomes da canção de Lisboa – de Alfredo Marceneiro a Camané. Hoje, Lenita Gentil é a estrela de um plantel onde alinham também António Rocha, Sara Correia, Maura Airez e Beatriz Felício.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Alfama

É a casa de Argentina Santos, uma veterana do fado castiço, que por lá está desde a década de 50 e onde chegou a ser cozinheira. Na carta encontra-se, como não podia deixar de ser, comida portuguesa – bifes, algum marisco, pratos de bacalhau, etc. – e nas cantorias destacam-se Maria Amélia Proença e Maria de Fátima.

  • Restaurantes
  • Estrela/Lapa/Santos

O projecto de Maria da Fé, de portas abertas desde 1975, é pretexto para uma visita à Lapa. Sabe quando procura um serviço de cozinha aberto até à meia-noite e meia e tem dificuldades em encontrá-lo? No Senhor Vinho, não é um problema. Há boa comida portuguesa e um elenco de luxo que inclui Aldina Duarte e Francisco Salvação Barreto.

Publicidade
  • Restaurantes
  • São Vicente 

Não sabe o que perde se ainda não visitou a famosa capelinha do fado de Alfama e os seus belíssimos azulejos. A Mesa de Frades é habitual cenário de actuação de Rodrigo Rebelo de Andrade, Ana Sofia Varela, Teresinha Landeiro ou João Braga. Sempre bem acompanhados pela gastronomia nacional.

  • Restaurantes
  • Bairro Alto

Mais uma casa de fado no Bairro Alto, nem por acaso dos mesmos donos da Adega Machado. Aberta em 1927, nas antigas adegas e cavalariças do Palácio Brito Freire, serve comida portuguesa e também serve de pousio a fadistas como Elsa Laboreiro, Yola Dinis, Catarina Rosa, Filipe Acácio e Cristiano de Sousa.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Bairro Alto

É na Adega Machado que se pode cruzar com as vozes de Pedro Moutinho ou Marco Rodrigues. A casa remonta a 1937 e em 2012 beneficiou de uma reinvenção. O belo trabalho da fachada, da autoria de Thomaz de Mello, merece ser apreciado antes de entrar no mundo da fadistagem.

  • Restaurantes
  • Bairro Alto

Abriu portas em 1955 pelas mãos de Júlio e Maria José de Barros Evangelista e ao leme do negócio continua a quarta geração da família. Localizado no Bairro Alto, o restaurante A Severa aposta em jantares à luz das velas, na gastronomia tradicional portuguesa e no talento de fadistas como Lina Santos, Natalino de Jesus ou Nadine.

Mais que comer

  • Restaurantes

Já foi mais fácil encontrar restaurantes em Lisboa até dez euros e a culpa não é só do turismo ou dos tempos difíceis que o sector atravessa depois de dois anos intermitentes. Na maior parte das vezes, a qualidade paga-se, mas felizmente ainda há excepções. Comer fora não tem de ser caro e na cidade existem verdadeiros achados. Pense num prato rico, em comida saborosa e atendimento simpático às vezes até familiar. Para encher a barriga sem esvaziar a carteira, este barato não lhe vai sair caro. Corremos a cidade em busca de pechinchas gastronómicas e reunimos aqui 21 restaurantes onde poderá ser feliz.

  • Restaurantes

As novidades na restauração multiplicam-se de tal forma que, à medida que damos conta dos restaurantes que abriram nos últimos meses, novas mesas já nos esperam. Felizmente, os projectos que tinham ficado em suspenso dão-se agora a conhecer. Há restaurantes de alta-cozinha, comida democrática e street food, refeições para qualquer hora, pratos daqui e do mundo. Fazemos-lhe um guia com os melhores novos restaurantes em Lisboa, abertos nos últimos meses. Não se deixe sentir desactualizado e marque já uma mesa – é só escolher o que mais lhe apetece hoje.

Publicidade
  • Restaurantes

Comer de forma saudável não é equivalente a passar fome. E, em Lisboa, há cada vez mais restaurantes com opções leves, mas muito saborosas, perfeitas para desintoxicar o organismo depois de alguns excessos. E não. Não falamos só de saladas e de comidas de passarinho. Falamos de alimentos nutritivos, saciantes e bem apetitosos. Assim, se segue ou quer seguir um estilo de vida mais saudável, vai querer experimentar alguns destes espaços na cidade, que se adaptam a todos os gostos e também às mais variadas restrições e preferências alimentares. Bom apetite e muita saudinha.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade