Onde comer sardinha assada em Lisboa

Para quem adora os Santos em Junho e para quem odeia arraiais: sardinha assada em Lisboa alimenta a alma de toda a gente

DR

Cheiro a Lisboa é cheiro a sardinha assada. E não só quando faz frio, como diz a marcha popular é especialmente, aliás, quando faz já algum calor. Chegado Junho já se instalou a necessidade de deitar a sardinha na brasa e logo depois no pão, deixá-la escorrer tudo o que pode, tirar a pele com a ponta dos dedos e limpar-lhe a espinha. Isto enquanto se ouve música pimba de qualidade e se põem manjericos ao luar. Se prefere o recato de um restaurante em vez do alarido de um arraial, escolha um destes cinco sítios para comer sardinha assada em Lisboa, bem perto dos festões para poder fazer seguir a noite.

Recomendado: Os melhores restaurantes de peixe e marisco

Onde comer sardinha assada em Lisboa

Pitéu da Graça

É o pitéu favorito da Graça, dizem os moradores, os vizinhos e mesmo os chefs que trabalham perto. É sítio para se comerem uns bons filetes de peixe fritos com arroz malandro e carnes grelhadas como deve ser. Só há sardinhas quando são boas.

Ler mais
São Vicente 

O Caldo Verde

4 /5 estrelas

Esta cozinha tradicional portuguesa em Santos já mereceu quatro estrelas pela crítica da Time Out Marta Brown, que destacou o caldo verde e a baba de camelo. Se vir a grelha montada na rua é porque há sardinhas.

Ler mais
Santos
Publicidade

Tasca do Jaime

Reclamam o lugar dos primeiros a fazer um arraial no bairro da Graça e, quase 30 anos depois desse primeiro evento social, continuam a fazer a festa em algumas noites de Santos Populares e todos os domingos à tarde. A acompanhar fados e outras cantigas, há petiscos portugueses e sardinhadas.

Ler mais
São Vicente 

Páteo 13

3 /5 estrelas

Remédio santo para quando o espírito dos Santos Populares está a custar arrancar: uma travessa bem servida de sardinhas com batatas cozidas e salada em Alfama. É o ex-líbris desta tasquinha em Alfama, com direito a mesas na rua para apanhar o ar do querido mês de Junho. Chegue cedo que isto é coisa para filas quilométricas.

Ler mais
Alfama
Publicidade

Último Porto

4 /5 estrelas

Um clássico dos dias de sol, sejam eles de Verão ou de Inverno, a olhar para o rio e a comer peixe fresco grelhado. Se é com sardinhas que lhe está a apetecer abrir Junho em Lisboa, lembre-se que ainda não estão tão boas quanto vão estar quando subirem as temperaturas. Opções, nesse caso, não faltam. Diga pampo, choco, douradas e por aí fora.

Ler mais
Estrela/Lapa/Santos

Restaurantes tradicionais

Tascas a não perder em Lisboa

Breves notas para definição de uma tasca O que é uma tasca? O dicionário diz-nos que é "um estabelecimento modesto que vende bebidas e refeições", mas também nos ensina que "tasca" é o nome do "utensílio em que se espadela o linho". Para que não haja dúvidas: estamos a falar dos restaurantes. Mas para um restaurante ser uma tasca precisa de cumprir uma série de requisitos. Juntámos 20 características que ajudam a definir o nosso objecto de estudo para que, da próxima vez que frequentar um estabelecimento do género, possa perceber em que classe de tasca está. 

Ler mais
Por Inês Garcia

O melhor da cozinha tradicional portuguesa em Lisboa

Demos uma volta ao país sem sair da cidade e reunimos uma colecção de grandes exemplares da cozinha tradicional portuguesa, região por região, servidos nos restaurantes de Lisboa. É muito provável que a sua comida de conforto esteja aqui. Esta é a nossa zona de conforto. 

Ler mais
Por Inês Garcia
Publicidade

Comentários

0 comments