Global icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os restaurantes que vão abrir no início de 2019

Os restaurantes que vão abrir no início de 2019

Estes estão quase a sair do forno. Marque já na agenda: estes seis restaurantes vão abrir no início do de 2019 e vão encher-nos a barriga.
Ajitama Ramen Bistro
©Manuel Manso Ajitama Ramen Bistro
Por Inês Garcia |
Publicidade

2018 foi um ano feliz para a restauração lisboeta, com muitas aberturas e estreias gastronómicas de outras bandas (ora espreita aqui os 80 melhores restaurantes do mundo em Lisboa). Feito este balanço, as expectativas estão altas para 2019. Ainda mais com este levantar do véu que fazemos aqui: o início do ano vai trazer um novo templo para amantes ramen, que passou de supper club a restaurante, mais cozinha contemporânea, boas carnes ou um novo conceito em que tudo passa pelas brasas, até as bebidas. Isto sem esquecer os aperitivos, aquele conceito de bebida after work que cada vez tem mais fãs, ou um bom docinho para finalizar a refeição, com uma catedral dedicada a um doce tradicional português.

Espreite aqui os restaurantes que estamos à espera que abram já no início de 2019.

Recomendado: O melhor que comemos em 2018

Seis restaurantes que vão abrir em Lisboa no início de 2019

ajitama
©Manuel Manso

Ajitama Ramen Bistro

Quando: Janeiro
Onde: Entre o Marquês de Pombal e o Saldanha

O supper club de ramen de António Carvalhão e João Ferreira correu tão bem que às tantas já havia 1800 pessoas em fila de espera. Os dois amigos, das áreas de marketing e gestão mas com uma paixão forte pelo caldo fumegante, ganha durante os tempos em que viveram na Ásia, começaram o Ajitama na Primavera de 2017 com o shio ramen. No último Verão tinham já dois, o shio e o shoyo. Durante o primeiro mês de funcionamento, o restaurante vai estar aberto em exclusivo para todos os que já estavam inscritos. Nos dois meses seguintes, vão servir apenas jantares, antes de se aventurarem finalmente nos almoços. As opções vão crescer: além dos dois ramens que já existiam, há outros três tipos, que António e João aprenderam com o sensei Takeshi Koitani, no curso de Ramen Chefs da Rajuku que fizeram este Verão. Além dos caldinhos, a carta vai ter outros pratos quentes japoneses diversos. 

 

Alexandre Silva
©Paulo Barata

FOGO

Quando: Fevereiro
Onde: Avenida da República

O novo restaurante do chef Alexandre Silva vai chamar-se FOGO e vai ter um conceito muito diferente do fine dining do LOCO, o restaurante com estrela Michelin com dois menus de degustação e uma alta-cozinha criativa. Será uma cozinha baseada apenas em fogo e Manuel Liebaut, responsável pelo I+D do LOCO vai ser o chef residente. Vai ter 70 lugares e uma cozinha a permitir ver as labaredas, mas o menu não vai ser fechado e volta e meia há pratos novos. Conte com cozido, cortes do dia, chanfana, borrego, leitão, peixe assado no forno e mariscos. Haverá ainda um bar de cocktails de autor que não vai fugir às brasas e vai explorar o poder do fogo dentro do copo. 

 

Publicidade
pudim abade priscos do miguel oliveira
Fotografia: Manuel Manso

Miguel Oliveira

Quando: Abril

Miguel Oliveira, Malagueta Man para os amigos e para os que seguem o seu blogue, tem finalmente as obras em andamento para a sua catedral do pudim Abade de Priscos. O pudim vai ser fabricado neste espaço e ganhar o primeiro espaço de venda ao público próprio em Lisboa (vende-se à fatia no JNcQUOI ou no Tágide; inteiro na Comida Independente).

 

Meat Me

Quando: Janeiro
Onde: Chiado 

O grupo Sea Me vai entrar no mundo das carnes com o restaurante Meat Me, assador moderno. Não querem só mais uma steakhouse. Vai ter todo o tipo de carnes e muitas receitas. Acompanhe os primeiros passos do projecto no Instagram, com as ilustrações de Ana Gil. 

 

Publicidade

Novo projecto Valdo Gatti

Onde: Chiado

Os donos da pizzaria biológica que conquistou os nossos corações e um lugarzinho no nosso Guia de Restaurantes vão abrir um novo espaço no antigo Rei das Meias, no Chiado. É para valorizar os aperitivos italianos, com queijos e enchidos e uma garrafeira que vai impressionar.

 

André Lança Cordeiro
Arlindo Camacho

Essencial

Onde: Centro de Lisboa

O quando ainda é incerto mas o chef André Lança Cordeiro já anda de volta do novo projecto há uns meses e tudo garante que está aí quase: a cozinha será contemporânea e na mesma linha da que começou a fazer no Local, o restaurante de dez lugares no Príncipe Real. Vá espreitando em @essencialrestaurante nas redes.

 

More to explore

Publicidade