Seis livros de cozinha acabados de sair do forno

O mercado de livros de cozinha está em alta. Vasculhámos livrarias e escolhemos seis novidades dos últimos meses
Saldas Inspiradas
Saldas Inspiradas
Por Mariana Correia de Barros |
Publicidade

À medida que cresce o interesse na gastronomia e nos chefs, cresce o interesse global em livros de cozinha, num mercado editorial que se tem mantido em crescimento nos últimos anos.

Sejam livros de receitas, sejam trabalhos assinados por chefs, sejam outros mais factuais, esta colheita de livros, saídos para as bancas nos últimos três meses, tem um pouco de tudo.

Da cozinha mais fresca em saladas a uma ode aos petiscos e miudezas da cozinha portuguesa, do trabalho do chef Diogo Rocha à infografia de vários alimentos, descubra nesta página o que pode descobrir em centenas de outras. 

Seis livros de cozinha acabados de sair do forno

Petiscos e Miudezas à Portuguesa
©DR

Petiscos e Miudezas à Portuguesa

Autores: Isabel Zibaia Rafael e Virgílio Nogueiro Gomes
Preço: 14,90€
Editora: Marcador

É um pequenino livro de culinária portuguesa, assinado por duas sumidades da gastronomia nacional. Ela, Isabel Zibaia Rafael, ribatejana, autora do blogue Cinco Quartos de Laranja, Ele, Virgílio Nogueiro Gomes, transmontano, grande conhecedor do receituário português. Dedicado às carnes, divide-as em cinco grandes grupos (aves, bovinos, caprinos, ovinos e suínos) e apresenta para cada uma delas um introito cheio de factos e curiosidades sobre os vários animais, além de referenciarem as várias espécies portuguesas - sabia que a canja de galinha entrou em Portugal como medicamento, vindo da Índia por Garcia da Orta, no séc XVI (p.17)? Ou que a cozedura lenta das bochechas não é coisa de chef moderno (p.37)? Depois, pega em receitas tradicionais, em grande parte pratos feitos com miudezas, que não se encontram assim tão facilmente em Lisboa, e explica-as tintim por tintim. Há salada de língua de porco, molejas de borrego com ervilhas estufadas, butelo com casulas, entre outras especialidades. Em suma, ideal para completar a biblioteca de quem quer aprender mais sobre a linha do nose to tail - o aproveitamento completo dos bichos.

Saladas Inspiradas - Kathryn Broton
©DR

Saladas Inspiradas

Autor: Kathryn Bruton
Preço: 16,59€
Editora: Vogais

Já se sabe que o sol espreita e com ele vem a vontade (necessidade?) de encher o prato de verdes. O novo livro Saladas Inspiradas, apesar de contrariar essa ideia, através da apresentação de saladas para todas as épocas do ano, vem mesmo a calhar. Escrito pela irlandesa Kathryn Bruton, food stylist e food writer, e muitíssimo bem fotografado por Laura Edwards, foca-se num ponto que o título original, Skinny Salads, explica de forma mais óbvia: todas as saladas têm menos de 300 calorias. Sejam elas uma simples salada de tomate, abacate e romã, uma mais complexa de salada quente com cafta de borrego, seja o funcho e nectarina com quinoa preta, agrião e queijo de cabra ou a salada de acelga amolecida e carne de vaca. Nada no livro é aborrecido - da breve explicação das principais folhas verdes na entrada ao encerramento com os vários molhos - e os passos estão todos descritos para leigos na cozinha. Difícil poderá ser encontrar num supermercado convencional produtos como os cinco perfumes chineses em pó ou um molho gochujang. Mas nada que um passeio à zona étnica de Lisboa não resolva.

Publicidade
Hoje - Diogo Rocha
©DR

Hoje Diogo Rocha

Autores: Diogo Rocha e Mário Ambrózio
Preço: 25€
Editora: Casa das Letras

O grande público pode ainda não saber quem é Diogo Rocha - este livro é um bom veículo para inverter essa situação -, mas o meio gastronómico nacional já o vem conhecendo há uns anos. Nascido em 83 em Canas de Senhorim (Nelas, Viseu), está à cabeça do Mesa de Lemos, na Quinta de Lemos (Dão) desde 2013, com uma cozinha cozinha de fine dining preocupada em manter o sabor mais puro dos ingredientes. Portugueses, claro. O primeiro livro que faz sair para as bancas, na companhia do fotógrafo Mário Ambrózio (belíssimas imagens, note-se), espelha esse amor por Portugal, primeiro em pequenos textos sobre produtos específicos como o bacalhau, o cherne, o presunto, os marmelos, que são um misto de elogio com dados factuais, depois com várias receitas, numa cozinha mais elaborada, quiçá para dias de festa. Mas se o cuidado no empratamento poderia atirar o livro para as mãos dos cozinheiros profissionais, a simplicidade dos produtos torna-o acessível a todos, mesmo quando se trata de pratos em linguagem de chef, como o “cabrito e mostarda” ou o “atum e lingueirão”.

Receitas À
©DR

Receitas à Volta do Chá

Autor: Maria Ana Silva Vieira
Preço: 15,90€
Editora: Oficina do Livro

A editora responsável por fazer chegar este livro às bancas em Fevereiro de 2018, apresenta a autora do livro como a primeira tea sommelier e tea blender portuguesa, que é como quem diz, uma expert em chás. Com um currículo de aprendizagem vasto na área, que casou com viagens ao Oriente, apresenta aqui um breve tratado para conhecer as origens do chá, com a antiga lenda do imperador Shen Nung que um dia bebia água fervida e viu caírem na sua taça umas folhas secas e a água mudar de cor, a difusão pelo mundo, os diferentes tipos e a forma correcta de preparação. Daí parte para uma infinidade de receitas, não apenas nos chás gelados e bebidas feitas com chá, para as quais sugere algumas novidades, mas também em bolos e, essa é que é a diferença, em pratos salgados. Soa bem um magret de pato curado com chá Earl Grey? E uma sanduíche de salmão com maionese de matcha?

Publicidade
Pequeninos à Mesa - Maria Antónia Peças
©DR

Pequeninos à Mesa

Autor: Maria Antónia Peças
Preço: 19,99€
Editora: Vogais

Quando o assunto é a alimentação dos bebés, é frequente ouvir-se a frase “o pediatra do meu filho diz…” e entra-se em seguida numa conversa sobre o que dar em cada fase do crescimento da criança (e toda a gente tem uma opinião diferente). Este livro não substitui a consulta ao médico - Maria Antónia Peças frisa a ideia logo no início (p.10) - mas apresenta uma sugestão de alimentos a introduzir a partir dos quatro meses, com o respectivo valor nutricional e outros conselhos úteis sobre cada um, para de seguida se tornar numa enciclopédia de receitas simples, práticas e úteis para servir a partir dessa idade. Divididas por idades, dos quatro aos 12 meses, dos 12 até aos dois anos e a partir dessa idade, é um bom aliado para quem 1) se estreia na maternidade/paterninidade; 2) precisa de novas ideias e de ajuda a diversificar o carrinho das compras.

Sabor a Infografia dos Alimentos - Laura Rowe
©DR

SABOR - A Infografia dos Alimentos

Autor: Lara Rowe
Preço: 17,95€
Editora: Jacarandá

A linguagem infográfica é mais comum a revistas e jornais em papel do que às páginas da internet. Porém, em comum com a era digital, tem a vantagem de agregar informação de forma rápida e esquematizada. Este livro, escrito pela crítica gastronómica da revista britânica Olive, e ilustrado por Vicky Turner, reúne centenas de curiosidades, factos e lições que vão dos alimentos mais simples, como o mel e as maçãs, a explicações detalhadas sobre champanhe, couves, massa, por aí fora. Tudo no registo de infografia, com um olhar que vai das tendências à origem dos produtos, passando também pelos pratos, com direito a algumas receitas.

Outras leituras saborosas

Borough Market, Vegetables
Rob Greig / Time Out
Coisas para fazer

Cinco cores e cinco receitas da cozinha saudável

Os pratos querem-se coloridos e não é só porque fica melhor na fotografia para o Instagram. Diz quem sabe que um prato cheio de frutas e vegetais de todas as cores e feitios é nutricionalmente mais rico e faz melhor à saúde (do que os alimentos processados e prontos a consumir onde a única parte multicolorida é a embalagem). 

sopas e desca sl
©Pär Bengtsson/Sopas e Descanso
Restaurantes

A moda das sopas em quatro livros

Já ouviu falar do souping? Não? Consiste, em suma, em comer sopa a todas as horas do dia. É um plano detox, mas em vez de beber sumos verdes, come sopas. E quais são os benefícios? Muitos, ao que parece. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com