48 horas em Milão

Nenhuma visita a esta cidade italiana pode passar nem incluir estas sugestões na rota.
Milan, Italy
Por Liz Humphreys |
Publicidade

Dois dias em Milão já dão para conhecer a cidade e a cultura italiana. Mas para que não se perca e não deixe nada de fora, siga o nosso roteiro, escrito por quem melhor conhece a zona.

48 horas em Milão

Aperitivi, Milano
Photograph: Courtesy CC/Flickr/Luca Volpi

Sexta-feira à noite

A melhor forma de começar uma visita a Milão é com os aperitivi, uns copos antes do jantar acompanhados por todo o tipo de snacks – os mais básicos têm nozes, batatas e azeitonas, enquanto os mais elaborados incluem desde massas e legumes a sushi. A zona de Navigli é o destino clássico para aperitivi em Milão. Experimento o Maf Caféfor.

We've found the top 10 bars in Milan to try during your stay.
Fonderie Milanesi

Sexta-feira de madrugada

Faça como os moradores e vá ao Fonderie Milanesi, em Ticino, não muito longe dos canais de Navigli. Encontrar a entrada faz parte da diversão: esconde-se num pátio que leva a uma fundição do século XIX convertida num bar cool e restaurante. Está aberto até às 02.00 na maioria das noites. Se o tempo estiver bom pode relaxar no jardim com um Negroni... ou dois.

Publicidade
Santa Maria delle Grazie
Photograph: Picasa/Flickr

Sábado de manhã

Se planeou a visita com tempo (três semanas é o ideal – ainda mais se for no Verão) então conseguiu bilhetes para a obra-prima de Leonardo da Vinci, A Última Ceia, exposta na Igreja Santa Maria delle Grazie. Só tem 15 minutos para ver a pintura, mas é uma experiência que não se pode perder na cidade – não se vai esquecer tão cedo.

Peck
Photograph: Courtesy Peck

Sábado ao meio-dia

Vale a pena parar no templo gastronómico de três andares de Milão, o Peck, para provar queijos e enchidos italianos fenomenais ou para almoçar num dos seus três restaurantes: o mais formal Ristorante Al Peck, o mais descontraído Peck Italian Bar ou o café Piccolo Peck.

Publicidade
Milão
DR

Sábado à tarde

Prada, Gucci, Versace, Valentino – encontrará todos os grandes nomes na principal artéria de moda em Milão, o Quadrilatero della Moda. Se a alta costura está fora de questão para si, faça um atalho até ao DMagazine Outlet, uma loja com roupa de designers com desconto – se tiver sorte, encontrará roupa e sapatos incríveis por apenas uma fracção do preço original.

Teatro alla Scala
Photograph: Courtesy CC/Flickr/Sfer

Sábado à noite

Ver uma produção no Teatro La Scala – uma das melhores casas de ópera do mundo – é uma extravagância que vale a pena. A temporada vai de Dezembro a Junho e o ideal é comprar os bilhetes com a maior antecedência possível, embora muitas vezes existam bilhetes de última hora disponíveis nas bilheterias. Apareça duas horas e meia antes de cada espectáculo começar.

Publicidade
Cioccolati Italiani
Photograph: Courtesy Cioccolati Italiani

Sábado de madrugada

A uma pequena distância do La Scala junte-se à fila do Cioccolati Italiani, onde os gelados de chocolate, avelã ou pistáchio, entre outros sabores maravilhosamente deliciosos, o vão tirar do sério. Aos sábados está aberto até à 01.00 (até às 00.00 nas outras noites).

Photograph: Steffen Schmitz/Wikimedia Commons

Domingo de manhã

A segunda maior igreja de Itália, a Duomo – construída entre os séculos XIV e XIX – é a principal atracção de Milão e merece sem dúvida uma visita. Todos os domingos há missa às 11.00, acompanhada pelo coro da catedral (a melhor forma de enfrentar a multidão é chegar mais cedo). Não deixe de subir aos terraços para ver o horizonte de Milão.

Publicidade
Photograph: Stefano Stabile

Domingo ao meio-dia

O bonito bairro de Brera dá um óptimo passeio. Os amantes de arte devem guardar algum tempo para visitar a Pinacoteca di Brera, que guarda pinturas italianas do século XIV até ao século XX num edifício do século XVII. Pare para almoçar no Fioraio Bianchi Caffe, um bistro aconchegante repleto de flores – e experimente o risoto ou uma das massas.

Fondazione Prada Milan
Photograph: Courtesy CC/Wikimedia Commons/Sailko

Domingo à tarde

Atravesse a cidade para conhecer uma das mais recentes atracções de Milão – e a mais avant-garde –, a Fondazione Prada, que abriga arte contemporânea nos seus mais de 200 mil metros quadrados. As exposições vão rodando, mas encontrará sempre peças de artistas como Louise Bourgeois e Dan Flavin. Se todas as obras de arte lhe abrirem o apetite, espreite o Bar Luce, desenhado por Wes Andersen.

Pelo mundo Time Out

The Stockholm skyline
Photograph: Shutterstock/Scanrail1
Viagens

48 horas em Estocolmo

Faça frio ou faça sol, Estocolmo merece sempre uma visita. Encontrará várias coisas para ocupar o tempo – tenha só atenção que algumas actividades e atracções fecham fora de algumas épocas e por isso vale a pena espreitar os horários de algumas coisas antes de se aventurar na cidade.

Publicidade
Viagens

Cinco castelos onde pode dormir em Inglaterra

É verdade que não pode ficar no Palácio de Buckingham ou no Castelo de Windsor mas nestes hotéis não ficará muito longe disso. Viva como a realeza britânica ao ficar num destes castelos históricos, alguns dos quais datam ainda de 1100. Esta é a experiência mais próxima que terá de Downton Abbey.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com