48 horas em Estocolmo

Se só tem 48 horas para passar na cidade, siga este guia e não sairá decepcionado.

Photograph: Shutterstock/Scanrail1

Faça frio ou faça sol, Estocolmo merece sempre uma visita. Encontrará várias coisas para ocupar o tempo – tenha só atenção que algumas actividades e atracções fecham fora de algumas épocas e por isso vale a pena espreitar os horários de algumas coisas antes de se aventurar na cidade.

48 horas em Estocolmo

Sexta-feira à noite

Sexta-feira à noite

O Fotografiska é um dos melhores museus de Estocolmo. Dedicado à fotografia contemporânea, com artistas conhecidos internacionalmente e nomes emergentes, está aberto aos fins-de-semana até à uma da manhã.

Sexta-feira de madrugada

Sexta-feira de madrugada

O Södra Teatern, um dos teatros mais antigos de Estocolmo, construído em 1859, é hoje casa de vários bares, palcos e um restaurante, Mosebacke Etablissement, que se transforma numa discoteca depois das 22.00 aos fins-de-semana.

Publicidade
Sábado de manhã

Sábado de manhã

Na parte antiga da cidade, Gamla Stan, com história já desde o século XIII, encontrará o Palácio Real, a Catedral de Estocolmo e uma variedade de museus. As principais ruas para compras, especialmente a Västerlånggatan, são muito turísticas e apinhadas de gente, mas fora das ruas principais encontrará a tranquilidade e pequenos tesouros como a estátua mais pequena de Estocolmo: tem 15 cm e é conhecida por Rapaz de Ferro (atrás da Igreja Finlandesa).

Sábado ao meio-dia

Sábado ao meio-dia

Se o tempo estiver bom, andar a pé é a melhor forma para conhecer Estocolmo. Quando estiver cansado de Gamla Stan, siga para norte à beira-mar em direcção a Nybroviken e passeie por Strandvägen, uma zona de esplanadas do século XIX. Atravesse a ponte para a ilha de Djurgården, em tempos um parque de caça real.

Publicidade
Sábado à tarde

Sábado à tarde

Em Agosto de 1628, o navio real Vasa afundou-se no porto de Estocolmo. Resgatado mais de 300 anos depois e incrivelmente bem preservado, o navio é a peça central do Museu Vasa, uma paragem obrigatória para quem visita Estocolmo pela primeira vez. Não perca o excelente filme sobre o desastre e a recuperação dramática do navio.

Sábado à noite

Perto de Djurgården fica um dos restaurantes jóias de Estocolmo, o Oaxen Slip – um bistrô informal que fica alojado num barco mesmo ao lado do irmão de luxo, o estrela Michelin Oaxen Krog. É o sítio perfeito para degustar a cozinha nórdica.

Publicidade

Sábado de madrugada

Se gosta de cerveja, o Akkurat é o sítio perfeito para relaxar depois de um dia a conhecer a cidade. Aberto até à 01.00, este pub despretensioso tem o melhor menu de cervejas com mais de duas dúzias de cerveja de pressão e uma selecção enorme de garrafas. Também há um menu extensivo de whisky.

Domingo de manhã

Comece o último dia com uma visita à Câmara de Estocolmo, símbolo da cidade. Descubra os interiores esplêndidos, incluindo o Blue Hall, onde acontece o banquete anual do Prémio Nobel, e o Golden Hall, coberto de mosaicos com a história sueca.

Publicidade
Domingo ao meio-dia

Domingo ao meio-dia

Parte essencial da cultura sueca, fika significa pausa para café, habitualmente com um bolo e companhia agradável. Em Estocolmo não faltam cafés onde poderá ter um grande fika, mas poucos mantêm a tradição local como o Vete-Katten, a servir fornadas desde 1928.

Domingo à tarde

Nenhuma visita a Estocolmo fica completa sem uma vista da cidade pela água, e a melhor forma de o fazer é numa excursão de barco da Strömma.

Publicidade

Porta de Embarque Time Out

Publicidade

Comentários

0 comments