Aqua Village Health Resort & SPA: luxo em família

Em Oliveira do Hospital há um hotel de 5 estrelas onde apetece ficar. Tem todos os luxos e mordomias, mas zero manias. Dormimos aqui e já imaginamos o nosso regresso.
Aqua Village Health Resort & Spa
Por Cláudia Lima Carvalho |
Publicidade

A diferença está nos detalhes e depressa percebemos porque é que o Aqua Village Health Resort & SPA, a poucos quilómetros de Oliveira do Hospital, foi considerado este ano o melhor hotel de luxo para famílias pelos Luxury Travel Awards, entregues pelo guia de luxo britânico Luxury Travel Guide.

Aqua Village Health Resort & SPA

Aqua Village Health Resort & Spa
©DR

Este é um daqueles hotéis em que as famílias são de facto bem-vindas e as crianças têm direito a tudo. Um pequeno roupão para aproveitar o spa com os pais e até uns amenities (sabonete, champô e gel de banho) d’O Principezinho. Já para não falar do espaço dos apartamentos, aptos para qualquer brincadeira.

Não fossem os incêndios de Outubro e a paisagem à volta era verde. Perfeitamente enquadrado com a natureza, este hotel, que abriu portas há pouco mais de um ano, fica na pequena aldeia de Caldas de São Paulo. Para aqui chegar, é preciso descer uma estrada apertada e cheia de curvas. O hotel fica lá em baixo, mesmo na margem do Rio Alva. É para o rio e para a montanha em frente que o hotel está virado. É essa a paisagem dos apartamentos – são 29 –, todos com grandes janelas e varandas a parecerem pinturas naturalistas. 

Embora o cenário agora seja de devastação – um negrume assolador –, o verde começa a aparecer. O próprio hotel, que passou incólume aos incêndios, tem vindo a promover a reflorestação da zona, convidando os hóspedes a plantar a sua árvore. E ao mesmo tempo tem oferecido várias promoções para motivar as pessoas a visitarem o centro do país, ajudando assim a economia local.

Aqua Village Health Resort & Spa

Publicidade
Aqua Village Health Resort & Spa

É verdade que Oliveira do Hospital não está no topo das preferências de quem procura uma escapadinha, mas garantimos que o Aqua Village Health Resort & SPA vale a pena. Ficámos hospedados apenas uma noite, mas rapidamente nos imaginámos a passar aqui vários dias. Seja no Inverno ou no Verão. Os apartamentos, divididos entre T1 e T2, Deluxe ou Premium (que inclui uma banheira de hidromassagem na varanda), têm um conforto que sabe a casa e é em casa também que todos os funcionários do hotel nos fazem sentir com uma simpatia e disponibilidade admirável.

O grande destaque do hotel é, como o nome indica, o Spa Sensations, que dá uso a uma nascente termal na zona. Há vários tratamentos e massagens que pode fazer, inclusive uma experiência calmante numa estrutura em forma de gota suspensa numa árvore. Mas se não está para aí virado, aproveite o circuito Spa, incluído na estadia. Não é possível resistir à piscina interior termal hidrodinâmica toda virada para a rua, para as árvores. Não duvidamos de que esta será a melhor foto que tirará em todo o hotel. Aproveite ainda a piscina semicoberta aquecida com jacuzzi, a sauna, o banho turco e o duche de contraste.

Viagens

Faça frio ou calor

Para dias de calor, há uma piscina exterior mas, melhor do que isso, uma praia fluvial privativa, que permite ainda longos passeios na sua margem, ou não ficasse o Aqua Village Health Resort & SPA numa propriedade de quatro hectares. Percebe agora porque é que nos vemos a passar vários dias aqui, faça frio ou calor?

Publicidade

GPS

Para comer
Não vá mais longe, fique-se por aqui. Ainda não lhe dissemos, mas este hotel tem também um restaurante e um bar, de seu nome Roots. É aqui que se serve o pequeno-almoço, com uma oferta farta e deliciosa. No bar servem-se refeições mais ligeiras, enquanto no restaurante pode provar os pratos do chef Anderson Miotto. É uma cozinha sofisticada que dá a provar produtos da região. Provámos um creme de ervilhas e um magret de pato por sugestão do chef e terminámos a refeição com um mil-folhas de sericaia e ainda umas farófias invertidas e saímos de estômago aconchegado. Pode ainda aventurar-se em menus de degustação, cujo preço varia de acordo com o número de pratos. Se o que pretende é uma cozinha tradicional daquelas de prato cheio, passe pelo restaurante O Tunel, mesmo no centro de Oliveira do Hospital (Largo Ribeiro do Amaral 8B. Ter-Dom, 11.30-22.00). Os pratos do dia vão variando e com sorte pode ter cabrito assado ou bacalhau à lagareiro. Não pagará mais do que 15€.

Para fazer 
O hotel não podia ser mais central. A Serra da Estrela fica a cerca de 45 quilómetros. Piódão, que este ano entrou para a lista das Maravilhas de Portugal, dedidca às aldeias fica mais perto. Premiada na categoria de aldeia remota, Piódão, em Arganil, fica a cerca de 30 kms. Uma visita obrigatória.

Planos de Fuga

Sertã
Andre Vitorino
Hotéis

Convento da Sertã: no meio é que está a virtude

Este texto vai ter de começar com uma lição de história. Não temos alternativa. O passado paira sobre o Convento da Sertã como se fizesse parte da atmosfera daquele lugar. Um microclima de histórias. Mas não se pense que estamos num sítio abafado – pelo contrário. Este é um hotel descontraído, moderno e extremamente funcional. Um dos melhores pontos a partir do qual se pode explorar o interior português. Mas já lá vamos. Agora está na altura da tal lição de História. 

Quinta Nova
Anabela Rosas Trindade
Hotéis

Quinta Nova: aqui tudo o que luz é Douro

A paisagem do Douro é uma obra-prima cuja autoria é debatível. É verdade que o rio fez a parte mais difícil do trabalho, ao moldar a paisagem, a desenhar as elegantes curvas do terreno e a formar um vale que parece um compridíssimo anfiteatro para assistir às exibições das quatro estações do ano. Mas há a somar a isto a intervenção humana, que esculpiu degraus nas montanhas e os ajardinou (o termo é muito errado, mas deixem-nos ser líricos) com videiras. Toda esta parceria entre homem e mãe natureza já seria espectacular por si só, mas acontece que daquele chão saem alguns dos melhores vinhos do mundo. Haverá pedaço de terra mais abençoado que este?

Publicidade
Quinta da Mata
João Saramago
Viagens

Quinta da Mata: uma casa solarenga

O pôr-do-sol, esse cliché. Todos os dias há um destes fenómenos e todos os dias nos surpreendemos com ele. É como se duvidássemos da mecânica celeste. Na Serra do Brunheiro, perto de Chaves, o recolher do astro-rei é um espectáculo digno de ser visto. E a Quinta da Mata funciona como uma espécie de anfiteatro: como se a casa, as janelas, a natureza e a perspectiva ampla tivessem sido moldadas de propósito para aquele momento.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com