As melhores coisas para fazer nas Flores

Aqui acaba a Europa e é impossível pedir um final mais feliz. Estas são as melhores coisas para fazer nas Flores para aproveitar (à grande) a última paragem do continente

©AZORESPHOTOS.VISITAZORES

Exactamente quantas ilhas no mundo concentram tanta e tão diversa beleza numa porção tão pequena de terra? Nos Açores – mesmo nos Açores – não há mais nenhuma. Esqueça os filtros, porque não vai precisar deles. 

O melhor das Flores

Poça da Alagoinha

Poça da Alagoinha

Está a ver aqueles artigos todos na imprensa estrangeira que apontam os Açores como “um paraíso” ou “o segredo mais bem escondido do Atlântico”? Essas declarações hiperbólicas vêm quase sempre acompanhadas de uma foto-postal da Lagoa das Sete Cidades. Mas, aqui e ali, o editor da publicação em causa arrisca colocar a imagem de uma escarpa de onde pendem uma série de cascatas, uma imagem tipo Mundo Perdido, ou que parece retirada das ilustrações de um livro de aventuras de Júlio Verne.

Essa imagem é da Poça da Alagoinha, na Fajãzinha, lugar (lugarzinho?) também conhecido como Poço da Ribeira do Ferreiro ou Lagoa das Patas. Para simplificar chame-lhe apenas “poço”, que é o que fazem os habitantes das Flores.

Poço do Bacalhau

Poço do Bacalhau

Se procura uma cascata menos mediatizada, vá até à Fajã Grande banhar-se no Poço do Bacalhau, uma lagoa formada a partir de uma queda de água (bem fria) de 90 metros.

Publicidade
Rocha dos Rebordões

Rocha dos Rebordões

O outro ex-líbris da arquitectura divina da ilha (ou geologia, vá) é a Rocha dos Rebordões, um morro que parece um órgão de igreja formado por enormes colunas verticais de basalto solidificado

Águas Quentes

No sopé da Rocha dos Rebordões estão as Águas Quentes, pequenas caldeiras de água sulfurosa a escaldar. Antes que comece a ter ideias: não, não se faz ali nenhum cozido.

Publicidade
Morro Alto

Morro Alto

Um roteiro de uma ilha dos Açores – qualquer ilha – não fica completo sem a visita ao seu ponto mais alto. Nas Flores chama-se Morro Alto (nome fácil de memorizar) e tem a vista mais completa para toda a ilha – veja se o Corvo está a espreitar.

Sete Lagoas

É nas alturas também que fica a caldeira do vulcão principal da ilha e as suas Sete Lagoas: Lagoa Branca, Lagoa Comprida, Lagoa Rasa, Lagoa da Lomba, Lagoa Funda e Lagoa Seca. Fique atento às indicações que encontrar por entre montes e vales e coleccione lagoas como quem colecciona cromos.

Publicidade
Ilhéu de Monchique

Ilhéu de Monchique

Este rochedo de basalto é o ponto mais ocidental da Europa. Servia, antigamente, como ponto de referência para acertar rotas e afinar instrumentos de navegação das embarcações que partiam ou chegavam ao continente.

Volta às Flores de Barco

Volta às Flores de Barco

Há outra ilha para conhecer pelo mar. Só assim se pode espreitar a Gruta dos Enxaréus, antigo esconderijo de piratas, o Arco de Santa Cruz ou passar ao largo de falésias e ilhéus. Com sorte ainda avista um ou outro golfinho.

Publicidade

Mais Açores

Os melhores hotéis nos Açores

São nove as ilhas e 21 as nossas sugestões. Dormir num destes hotéis é por si só uma experiência a não perder nos Açores. Já escolheu onde vai ficar depois daquele passeio e daquele mergulho?

Ler mais
Por Luís Leal Miranda

10 ideias para se pôr de molho em São Miguel

Nem só de Lagoas se faz São Miguel. Ponha as pernas de molho, gele os ossos num mergulho no Atlântico, salte para uma piscina de rochas ou nade em águas de terra - nesta ilha há opções para todos (e são todas tão boas). Pegue no fato de banho e vá até uma destas 10 maravilhas de água em São Miguel. 

Ler mais
Por Luís Leal Miranda
Publicidade

Os melhores restaurantes nos Açores

Deixe-se levar pela vistas e pelos trilhos mas quando lhe der a fome, não se deixe enganar. Não o deixamos arranjar lugar em qualquer buraco - vá por nós e encha a barriga com os melhores sabores dos Açores. 

Ler mais
Por Luís Leal Miranda

Comentários

3 comments

Correção: Ribeira do Ferreiro, não Poça da Alagoinha. Já está corrigido nos mapas actuais apesar de alguns dos mapas antigos ainda ter o nome errado.

E é Rocha dos Bordões, não Rebordões... Nossa!!!

Águas Quentes

No sopé da Rocha dos Rebordões estão as Águas Quentes!!!!

Nunca ouvi falar. Corrijam o artigo!! Isso não existe na ilha das Flores!!