Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Os murais de homenagem aos profissionais de saúde

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Vhils cria mural no Hospital de São João
© Manuel Pizarro/DR O mural de Vhils mostra rostos reais de profissionais de saúde do Hospital de São João

Os murais de homenagem aos profissionais de saúde

Conheça os murais que foram desenhados a pensar nos profissionais de saúde, entre o Grande Porto e a Grande Lisboa.

Por Editores da Time Out Porto e Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

São uma forma de homenagear e também alertar para a importância dos profissionais de saúde no combate à pandemia. São eles os nossos soldados da linha da frente de uma batalha que, apesar de ter agora uma arma de peso – a vacina – ainda vai demorar a ter um fim. O importante agora é baixar a curva, reduzir o número de infectados para que haja camas e profissionais disponíveis para todos os que deles precisem, seja qual for a maleita. Comece por ajudar ficando em casa, sempre que possível, e conheça os murais que nasceram na Grande Lisboa e no Grande Porto em homenagem aos profissionais de saúde.

Recomendado: As novas intervenções de arte urbana no Porto

Mural de homenagem aos profissionais de saúde
Mural de homenagem aos profissionais de saúde
Edis One

Edis One - Lisboa (Junho 2020)

Notícias Arte

O mural foi inaugurado a 19 de Junho de 2020, para assinalar os 100 dias desde a declaração de pandemia pela Organização Mundial da Saúde, a 11 de Março. A peça de arte urbana está eternizada na Rua Abílio Mendes, junto ao Hospital Lusíadas, no Alto dos Moinhos. Ao graffiter Edis One, juntaram-se os artistas Pariz One e Ôje, para compor a equipa responsável pelo mural colorido representativo daqueles que têm estado na linha da frente do combate à pandemia, resultado de um convite do grupo Lusíadas Saúde.

 

Vhils no Hospital de São João
Vhils no Hospital de São João
© Marco Duarte

Vhils - Porto (Junho 2020)

Os heróis deste tempo não vestem capas esvoaçantes. Envergam batas brancas e todos os dias dão o corpo às balas para combater o bicho que virou o nosso mundo de pernas para o ar. Em Junho de 2020, o artista Alexandre Farto, mais conhecido por Vhils, homenageou os profissionais de saúde com um mural numa parede exterior do Hospital de São João. A obra mostra os rostos de dez médicos, enfermeiros, auxiliares, administradores e técnicos do hospital, um dos centros de referência de tratamento para a Covid-19, registadas com a grande escala e sensibilidade a que o artista nos habituou. 

Publicidade
Mural de Guel Do It no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia
Mural de Guel Do It no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia
© DR

Guel Do It - Gaia (Setembro 2020)

Também do outro lado do rio Douro o nobre trabalho dos profissionais de saúde ficou gravado num mural de 200 metros quadrados, no Centro Hospitalar de Gaia. O autor é Miguel Mazeda, artista gaiense que assina como Guel Do It, que, além de somar colaborações com reputadas marcas e instituições, tem trabalhado com associações ligadas à habitação social e ao acolhimento de crianças em risco. Foi esse espírito solidário que o levou a misturar o realismo e a fantasia para imortalizar os protagonistas, adultos e crianças, do serviço hospitalar, num mural onde o azul se destaca.

Mural de MrDheo em Vila Nova de Gaia, em homenagem aos profissionais de saúde
Mural de MrDheo em Vila Nova de Gaia, em homenagem aos profissionais de saúde
©DR

MrDheo - Gaia (Novembro 2020)

MrDheo é autor de vários murais de arte urbana espalhados pelo país e por vários cantos do mundo – desde a sua cidade natal, Vila Nova de Gaia, até Miami, São Paulo, Joanesburgo ou Dubai. Tem um percurso artístico ligado ao futebol e até já entrou para os recordes do Guinness, mas em Novembro dedicou um mural em Vila Nova de Gaia aos verdadeiros campeões. A obra chama-se "Anjos na terra", em homenagem aos profissionais de saúde, e foi feita de forma manual, com recurso apenas a sprays. O mural retrata a enfermeira Sofia, que foi infectada com Covid-19, enquanto trabalhava no Hospital de S. João no Porto.

Publicidade
Mural em Loures
Mural em Loures
©Marina Aguiar

Asur - Loures (Dezembro 2020)

“Ramo de Flores” é o título do mural desenhado pelo artista urbano Asur, junto ao Hospital Beatriz Ângelo, após um desafio lançado pela Câmara Municipal de Loures. Localizado na Avenida Professor Dr. Armando dos Santos Ferreira, tem 350m2 (70 metros de comprimento por seis de altura) e contou com a colaboração de cerca de 40 profissionais do hospital, que dedicaram um pouco do seu tempo para também participar na pintura do mural. Foi inaugurado no Dia Internacional dos Direitos Humanos, assinalado a 10 de Dezembro. Espreite a página de Facebook Loures Arte Pública para ver mais imagens desta obra.

Mais arte urbana no Porto:

'Mira' de Daniel Eime
Fotografia de Marco Duarte

Roteiro da arte urbana no Porto

Arte Arte urbana

Houve um tempo em que a arte urbana era perseguida e eliminada impiedosamente, como se de uma praga se tratasse. Mas, se a efemeridade é uma das suas maiores características, a sua presença deve ser impulsionada e protegida – afinal, é ela que torna as cidades mais vivas, coloridas e dinâmicas. No Porto, este tipo de arte vem ganhando terreno nos últimos anos graças a alguma iniciativa municipal, mas sobretudo à resistência e determinação de artistas que trabalham continuamente para embelezar os quatro cantos da cidade. Seja em paredes de edifícios devolutos ou disponibilizadas para o efeito, há obras imperdíveis de nomes consagrados como Mr.Dheo, Hazul, Vhils ou Daniel Eime. Preparámos-lhe um guia da melhor arte urbana do Porto para que desfrute de um passeio diferente. Não se esqueça do telemóvel, pois há muitas paredes fotogénicas à sua espera.

Recomendado: As novas intervenções de arte urbana no Porto

'Aguadeiras', mural de Godmess no Campo 24 de Agosto
© DR

Novo mural do Porto é uma homenagem às aguadeiras

Notícias Vida urbana

A praça actualmente conhecida como Campo 24 de Agosto foi chamada, em tempos, Campo de Mijavelhas. Ali existia um reservatório, construído no século XVI, que fornecia água às fontes e chafarizes da cidade, para servir os portuenses que não tinham poço. Era aí que se abasteciam também as aguadeiras, mulheres que transportavam e vendiam água pelo Porto e que estão agora homenageadas num mural de arte urbana.

Mural de Godmess no Campo 24 de Agosto
© DRMural de Godmess no Campo 24 de Agosto

 

A obra foi criada pelo artista portuense Tiago Gomes, conhecido nas paredes como Godmess. "Nesta poesia visual através de uma linguagem pictórica contemporânea, o artista reencontra o passado e o presente de um mesmo lugar. Na cor da cidade e dos seus espaços, um percurso circular dos mananciais de outro tempo que correm nos corpos até ao mar, numa simbiose entre a natureza e a mulher", diz o texto descritivo do mural. 

A antiga arca onde se armazenava a água pode hoje ser vista na estação Campo 24 de Agosto do Metro do Porto. Foi reconstruída, pedra por pedra, e está exposta no mezanino da estação. 

Mural de Godmess no Campo 24 de Agosto
© DRMural de Godmess no Campo 24 de Agosto

 

O Programa de Arte Urbana do Porto foi inaugurado em 2014 pela Câmara Municipal. Desde então, foram realizadas mais de 80 intervenções artísticas no espaço público da cidade, de carácter efémero ou permanente, nas suas mais diversas expressões. 

Em Dezembro de 2020, o município anunciou novidades para o programa, agora com curadoria de Hazul. Entre elas, contam-se novas obras no mural colectivo da Restauração, intervenções em paredes na Rua da Alegria, na Travessa da Senhora da Luz, em postos de transformação da EDP e a disponibilização de uma parede legal no Viaduto de Santa Luzia. 

Veja o vídeo de apresentação do mural Aguadeiras de Godmess:

+ Mural da Restauração já tem novas obras de arte urbana

+ Há uma nova obra de arte urbana de grande escala no Porto

+ Leia aqui a edição gratuita da Time Out Portugal desta semana

Publicidade
'The last adventure' de MrDheo e Pariz One
© DR

Há uma nova obra de arte urbana de grande escala no Porto

Notícias Vida urbana

No Porto, a arte urbana está a ganhar terreno graças à iniciativa municipal, privada e à resistência e ambição de artistas que trabalham para embelezar os quatro cantos da cidade. Um dos projectos mais recentes, em grande escala, é da autoria de MrDheo e Pariz One.

A obra ocupa a lateral de um edifício na Rua Monsenhor Fonseca Soares, na Boavista. Foi feita em 2020, mas revelada esta semana por MrDheo. Chama-se "The Last Adventure" e está recheada de coloridas alusões à história da arte através dos séculos, com referências a Tintim, Michelangelo, The Simpsons ou Super-Homem, que surge aqui com um "Q" ao peito – uma homenagem ao arquitecto José Quintela da Fonseca (1946-2020), com quem MrDheo já tinha feito outros projectos em residências de estudantes em Lisboa (2017) e no Porto (2019).

"Quintela era um visionário. É difícil dizer tudo em poucas palavras, mas ele acreditou e lutou pelo nosso trabalho de uma forma que lembrarei para sempre", diz MrDheo nas redes sociais, referindo ainda como era "difícil para ele ir contra tantas mentes fechadas e as lutas que fazia nos 'bastidores'" e o quanto ele gostava de BD, tendo em casa uma extensa colecção que começou quando era muito jovem.

E acrescenta: "Por isso, no topo do último prédio que ele projectou, o Super-Homem tem a letra Q ao peito. Para eternizar a vida e a obra de um grande homem e amigo. Gostava que ele pudesse ver o resultado final ao nosso lado, mas sei que ele está orgulhoso e grato. Foi uma honra pintar a sua última obra-prima".

'The last adventure' de MrDheo e Pariz One
© DR'The last adventure' de MrDheo e Pariz One

 

Roteiro da arte urbana no Porto

As novas intervenções de arte urbana no Porto

+ Mural da Restauração já tem novas obras de arte urbana

Mural de Tiago de Carvalho (Oaktree)
© DR

Mural da Restauração já tem novas obras de arte urbana

Notícias Vida urbana

Em Dezembro de 2020, a Câmara do Porto anunciou que ia autorizar um conjunto de novas intervenções artísticas no espaço público da cidade. Entre elas, foi lançada uma convocatória para a quinta fase do Mural Colectivo da Restauração, que por estes dias está novamente transformado numa galeria de arte ao ar livre.

Ao longo de 70 metros da Rua da Restauração, os 14 módulos de sustentação dos jardins do Palácio de Cristal receberam as criações de sete artistas: Diogo Pintampum, Low Class Club, Matilde Cunha, Leonor Violeta (Planeta Violeta), Mariana Bento (Malva), Tiago de Carvalho (Oaktree) e Henrikas Riškus.

Mural de Mariana Bento (Malva)
© DRMural de Mariana Bento (Malva)

 

A escolha dos artistas ficou a cargo dos membros do júri, constituído pelo artista urbano Hazul (curador do programa), Ricardo Cannatá (arquitecto) e André Carvalho (Circus Network). As criações vão permanecer durante um ano neste espaço da cidade e seguem regras como a utilização de uma paleta comum em tonalidades de verde, de forma a criar uma homogeneidade visual no mural. 

Mural de Planeta Violeta
© DRMural de Planeta Violeta

 

O Programa de Arte Urbana do Porto foi inaugurado em 2014 pela Câmara Municipal. Desde então, foram realizadas mais de 80 intervenções artísticas no espaço público da cidade, de carácter efémero ou permanente, nas suas mais diversas expressões, envolvendo cerca de seis dezenas de artistas.

Mural de Matilde Cunha
© DRMural de Matilde Cunha

 

Roteiro da arte urbana no Porto

As novas intervenções de arte urbana no Porto

+ Porto vai ter novos murais de arte urbana

Leia aqui a edição online e gratuita da Time Out Portugal desta semana

Publicidade
Mural da Trindade criado por Hazul e Mr. Dheo
Fotografia de João Saramago

Porto vai ter novos murais de arte urbana

Notícias Vida urbana

Até ao final deste mês, o Programa de Arte Urbana do Porto vai lançar um conjunto de novas intervenções artísticas no espaço público da cidade, anuncia a empresa municipal Ágora, que vai dinamizar o projecto. Esta nova fase conta com a curadoria do artista portuense Hazul.

O Porto vai ter uma nova parede legal, localizada no viaduto de Santa Luzia, que estará disponível para intervenções espontâneas de cariz artístico, sem necessidade de aprovação prévia e aberta a toda a comunidade. Em paralelo, serão intervencionadas mais duas paredes: na rua da Alegria, por convite directo a um artista local, e na zona da Foz, na travessa da Senhora da Luz, que irá funcionar em regime livre e rotativo, mediante propostas previamente seleccionadas.

Até 20 de Dezembro, está aberta uma nova convocatória para o Mural Colectivo da Restauração. Cada artista ou colectivo pode enviar até duas propostas para figurarem em dois ou quatro dos 14 módulos de sustentação dos Jardins do Palácio de Cristal, estendidos ao longo de 70 metros da rua da Restauração. Haverá uma paleta comum a todos os artistas, de forma a criar uma homogeneidade visual no mural, sendo o verde a cor escolhida.

A Ágora vai atribuir 500€ por intervenção (de dois ou quatro módulos). As propostas, e correspondente ficha de inscrição, devem ser enviadas até às 23.59 do dia 20 de Dezembro, para o email arteurbana@agoraporto.pt – consulte o regulamento e a ficha de inscrição. As obras escolhidas permanecerão no local durante um ano.

O programa promete também dar nova vida aos postos de transformação da EDP na cidade. Depois das intervenções realizadas nas caixas de distribuição de energia eléctrica na via pública, o desafio terá outra escala. Os primeiros três postos estão já definidos, situando-se no Campo 24 de Agosto, na rua de Vilar e na rua de Oliveira Monteiro, com intervenções realizadas por Godmess, Rafi e Oker.

O Programa de Arte Urbana do Porto foi inaugurado em 2014 pela Câmara Municipal. Desde então, foram realizadas mais de 80 intervenções artísticas no espaço público da cidade, de carácter efémero ou permanente, nas suas mais diversas expressões, envolvendo cerca de seis dezenas de artistas.

Roteiro da arte urbana no Porto

As novas intervenções de arte urbana no Porto

Leia aqui a edição online e gratuita da Time Out Portugal desta semana

Recomendado

    Também poderá gostar

      Também poderá gostar

        Publicidade